John Elway (Foto: Ezra Shaw/Getty Images North America/AFP)

John Elway (direita) é bicampeão pelo Denver Broncos (Foto: Ezra Shaw/Getty Images North America/AFP)

Felipe Domingues, Thiago Ferri e Thiago Perdigão
06/02/2016
11:00
São Paulo (SP)

Quarterback do Denver Broncos entre 1983 e 1998, John Elway ganhou os dois únicos Super Bowls da franquia em suas últimas temporadas como jogador. Neste domingo, a partir das 21h30 (de Brasília) o atual vice-presidente de operações e general manager pode conquistar o seu primeiro anel como dirigente, contra o Carolina Panthers, no Super Bowl 50.

Após cinco temporadas sem uma vaga nos playoffs, o dono do Broncos trouxe Elway em 2011, ano em que Tim Tebow levou a franquia à pós-temporada. O ex-QB, porém, começou a trabalhar de fato na montagem do elenco para a temporada de 2012.

Agressivo no mercado, Denver abriu os cofres e recheou o elenco com medalhões, como Peyton Manning, DeMarcus Ware, Emmanuel Sanders, Aqib Talib e T.J. Ward. Ao apostar em um quarterback mais velho e com histórico de lesões, Elway juntou as contratações a um bom trabalho no draft para dar ao camisa 18 um elenco forte.

Nos últimos quatro anos, Denver conseguiu, ao menos, 12 vitorias em cada temporada regular. A falta de sucesso nos playoffs, porém, ainda incomoda. Com uma ida ao Super Bowl no período (a humilhante derrota para o Seahawks por 43 a 8), Elway demitiu o técnico John Fox para trazer Gary Kubiak e dar o “salto” necessário pelo título. No domingo, o dirigente espera mostrar que acertou.