icons.title signature.placeholder Jonas Moura
icons.title signature.placeholder Jonas Moura
26/08/2015
08:03

O tom de otimismo da entrevista coletiva de apresentação do jogo entre Flamengo e Orlando Magic, na última terça-feira, em um hotel na Zona Sul do Rio de Janeiro, só foi interrompido quando o assunto foi a condição das arenas do Brasil para receber confrontos da NBA. 

Diretor executivo da liga no Brasil, Arnon de Mello disse que o país ainda não apresenta opções variadas de instalações para o evento. 

Até hoje, somente a HSBC Arena, no Rio de Janeiro, recebeu os dois duelos já realizados, em 2013 e 2014. E o mesmo cenário se repetirá em 2015. As equipes se enfrentarão no dia 17 de outubro, em jogo válido pela pré-temporada da liga americana. 

– Nós só temos atualmente a HSBC Arena em condições de receber uma partida da NBA. São necessárias algumas premissas para que as locais possibilitem boas experiências com o torcedor – disse o dirigente.

A exigência tem uma explicação. A estrutura da liga é pensada muito além da disputa dentro de quadra. A organização costuma promover ações de entretenimento, com shows musicais, coreografias e gincanas interativas durante os intervalos.

– Nós adoraríamos levar jogos da NBA para outras cidades e estados, mas ainda não é possível. Fortaleza está construindo uma arena de alto nível, mas precisa ser estudado.

Esta será a primeira vez que a NBA realizará uma partida envolvendo um time brasileiro em seu próprio país. No ano passado, o NBA Global Games desembarcou no Rio com a vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Miami Heat. Em 2013, Chicago Bulls venceu o Washington Wizards, no primeiro jogo da liga no Brasil.

A venda do segundo lote de ingressos começa na manhã desta quarta-feira, pelo site www.tudus.com.br. Os preços variam de R$ 80 a R$ 600, mas há comercialização de meia-entrada.

O tom de otimismo da entrevista coletiva de apresentação do jogo entre Flamengo e Orlando Magic, na última terça-feira, em um hotel na Zona Sul do Rio de Janeiro, só foi interrompido quando o assunto foi a condição das arenas do Brasil para receber confrontos da NBA. 

Diretor executivo da liga no Brasil, Arnon de Mello disse que o país ainda não apresenta opções variadas de instalações para o evento. 

Até hoje, somente a HSBC Arena, no Rio de Janeiro, recebeu os dois duelos já realizados, em 2013 e 2014. E o mesmo cenário se repetirá em 2015. As equipes se enfrentarão no dia 17 de outubro, em jogo válido pela pré-temporada da liga americana. 

– Nós só temos atualmente a HSBC Arena em condições de receber uma partida da NBA. São necessárias algumas premissas para que as locais possibilitem boas experiências com o torcedor – disse o dirigente.

A exigência tem uma explicação. A estrutura da liga é pensada muito além da disputa dentro de quadra. A organização costuma promover ações de entretenimento, com shows musicais, coreografias e gincanas interativas durante os intervalos.

– Nós adoraríamos levar jogos da NBA para outras cidades e estados, mas ainda não é possível. Fortaleza está construindo uma arena de alto nível, mas precisa ser estudado.

Esta será a primeira vez que a NBA realizará uma partida envolvendo um time brasileiro em seu próprio país. No ano passado, o NBA Global Games desembarcou no Rio com a vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Miami Heat. Em 2013, Chicago Bulls venceu o Washington Wizards, no primeiro jogo da liga no Brasil.

A venda do segundo lote de ingressos começa na manhã desta quarta-feira, pelo site www.tudus.com.br. Os preços variam de R$ 80 a R$ 600, mas há comercialização de meia-entrada.