Franca

Partida terminou com vitória do Rio Claro por 89 a 79 (Foto:Divulgação/Site oficial LNB)

RADAR/LANCE!
06/04/2016
10:39
São Paulo (SP)

Um episódio triste marcou a derrota para o Franca diante do Rio Claro, pelo segundo jogos das oitavas de final do NBB, na última terça-feira. O vestiário da equipe francana foi invadido e o os pertences dos jogadores foram furtados.

Após o fato, que ocorreu no ginásio Felipe Karan, em Rio Claro, a Associação de Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) emitiu uma nota repudiando a situação vivida pelos jogadores e membros da comissão técnica do Franca. 

- A Associação de Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) dará todo apoio e o suporte necessário aos jogadores do Franca BC, como sempre faz quando é acionada pelos atletas, mas que nem sempre é divulgado, justamente, para preservar a privacidade dos nossos associados - diz parte do comunicado. 

O duelo desta terça, segundo da série, terminou com vitória do Rio Claro por 89 a 79. O primeiro jogo acabou com triunfo do Franca. Agora, o terceiro confronto será realizado no dia 8 de abril, às 20h (de Brasília), novamente no ginásio Felipe Karam.

Confira a nota na íntegra:

A Associação de Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) lamenta e repudia profundamente o triste infortúnio ocorrido durante o jogo entre o Rio Claro Basquete e o Franca BC, na noite de terça-feira (05 de abril), no ginásio Municipal Felipe Karan, em Rio Claro (SP), válido pela segunda rodada do playoff – oitavas-de-final do NBB Caixa. Na ocasião, o vestiário do time francano foi invadido e alguns pertences dos atletas acabaram sendo roubados.

A Associação de Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) dará todo apoio e o suporte necessário aos jogadores do Franca BC, como sempre faz quando é acionada pelos atletas, mas que nem sempre é divulgado, justamente, para preservar a privacidade dos nossos associados.

Além disso, a Associação de Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) conversará com a Liga Nacional de Basquete (LNB), entidade que organiza o NBB Caixa, para buscar alternativas para que acontecimentos como esse não voltem a se repetir e também para que os atletas francanos sejam assistidos em todas as suas necessidades.