Jose Maria Sem Chance não perde há dois anos (FOTO: Divulgação/UFC)

                 Jose Maria Sem Chance não perde há dois anos no MMA (FOTO: Divulgação/UFC)

LANCE!
23/11/2015
14:40
Rio de Janeiro (RJ)

O XFCi 12 promete fortes emoções. Uma das lutas com mais expectativas do evento do próximo dia 28 de novembro, no XFC International Center, em São Paulo, será entre José Maria "No Chance" e Marcel Adur. O confronto vale a chance pelo título na divisão peso-mosca (até 56,7kg). Inicialmente, o campeão Bruno "Macaco" Azevedo faria o embate com "No Chance", mas uma lesão na mão o tirou do evento. Um dos responsáveis pela montagem do card, Marcelo Brigadeiro, consultor técnico do XFC, destaca que a escolha de Adur garante que o bom nível seja mantido e projeta um dos maiores duelos da temporada.

- Quando o Bruno se lesionou, logo pensei no Adur. Acompanho o trabalho dele há um bom tempo, acho que é um excelente atleta, vem de boas vitórias por nocaute diante de bons lutadores e tenho certeza que será uma grande luta. Quando fiz esse casamento, pensei que poderia ser uma das melhores lutas do ano. O XFC está fortalecendo o seu plantel e essa luta vai provar isso - afirma, via assessoria de imprensa.

José Maria "No Chance" tem 33 anos, 41 lutas na carreira como profissional de MMA, sendo 36 vitórias, e é um dos atletas mais experientes em atividade no Brasil. Esta, no entanto, será a estreia do atleta da Team Nogueira no XFC. O debute em um evento de grande porte costuma causar nervosismo. O cearense de Limoeiro do Norte, porém, garante que a técnica apurada o deixa tranquilo.

- Não fico nervoso. Sei que estou bem tecnicamente e isso acaba fazendo com que o meu emocional fique controlado. Houve uma mudança no adversário, mas também não muda muita coisa para mim. Sou um lutador completo e, para corresponder às expectativas da organização, vou lutar no meu estilo, partindo para cima, com a minha explosão e sei que vou vencer no fina-  destaca o atleta.

Marcel Adur tem apenas 23 anos, mas sua carreira já pode ser considerada consistente. Com dez vitórias em 12 lutas, o lutador da CM System tem experiência internacional e vem embalado para o embate com uma sequência de quatro vitórias por nocaute, sendo duas em 2014 e duas neste ano. O catarinense garante que tudo isso o tranquiliza para enfrentar um atleta tão experiente logo na estreia no XFC e fala em emplacar o quinto triunfo da mesma forma dos anteriores.

- Não tenho tanta experiência quanto o No Chance, mas conquistei vitórias importantes e prefiro até lutas assim, mais duras. Venho de uma sequência boa e quero aproveitar essa chance no XFC para consolidar esse bom momento na minha carreira. Vou buscar o nocaute a todo momento e essa será a minha forma de impressionar a organização do evento logo na estreia - destaca.

Além do duelo que define o próximo desafiante ao cinturão de Bruno Macaco, o XFCi 12 conta com outros 11 combates e os destaques são os dois embates principais da noite. Na co-luta, Vanessa Guimarães e Viviane Sucuri se encaram valendo o cinturão peso-palha (até 52,2kg) feminino da organização, enquanto no combate mais importante da noite, Michel Pereira e Carlston Harris disputam a medalha de ouro da segunda temporada do torneio dos meio-médios (até 77,1kg).

Fim de ano repleto de ação no hexágono
O XFC prepara muitas emoções para o fim do ano de 2015. Entre os dias 3 e 6 de dezembro, no XFC International Center, a organização realiza a primeira etapa do XFC Young Guns, um circuito nacional com atletas entre 18 e 24 anos da região sudeste, que lutarão por vagas na próxima temporada de torneios, em cada categoria oficial de peso. Três finais do evento serão realizadas durante o XFCi 13, no dia 5 de dezembro, em um card estelar com lutas confirmadas entre Junior Assunção vs Mauricio Facção no main event; Tiago Bodão vs Alberto Uda; Vinicius Vina vs Rafael Morcego e Wendell Negão vs Antonio Tricoli. Mais informações podem ser encontradas no site da Confederação Nacional de MMA (CNMMA), que realiza o Young Guns em parceria com o XFC.

- Estamos procurando novas joias para serem incorporadas ao plantel de lutadores do XFC", explica o consultor técnico do XFC no Brasil, Marcelo Brigadeiro. "Essa não é uma seletiva tradicional, porque para fazerem parte desta competição os atletas passaram por um filtro prévio e uma análise de qualidade. Temos certeza que encontraremos novos talentos - completa.

Confira as lutas do evento
Até 77,1kg: Carlston Harris x Michel Pereira - Final do Torneio Peso-Meio-Médio
Até 52,2kg: Viviane Sucuri x Vanessa Guimarães - Disputa de Cinturão Peso-Palha feminino
Até 56,7kg: José Maria "No Chance" x Marcel Adur - Superluta
Até 70,3kg: Ricardo Tirloni x Jadyson da Costa - Superluta
Até 70,3kg: Sergio Junior x Vitor Negão - Superluta
Até 70,3kg: Vinicius Loureiro x Ary Santos - Superluta
Até 56,7kg: Manel Kappe x João Elias - Torneio Peso-Mosca Masculino
Até 70,3kg: Luciano Palhano x Antônio Paulo Nego - Torneio Peso-Leve Masculino
Até 52,2kg: Daniela "Dany Fenix" Da Silva x Hellen Bastos - Torneio Peso-Palha feminino
Até 56,7kg: Molly McCann x Vanessa Melo - Superluta Peso-Mosca feminino
Até 56,7kg: Pedro Curiri x Jimmy Martinez Vela - Torneio Peso-Mosca masculino
Até 77,1kg: Gian Siqueira x Wellington Thurman - Superluta