Paulo Tebar vai defender pela primeira vez o cinturão dos super-leves

Paulo Tebar vai defender pela primeira vez o cinturão dos super-leves (FOTO: Divulgação)

LANCE!
11/10/2017
18:21
Rio de Janeiro (RJ)

A luta principal do WGP #41, que será realizado em São Paulo, no ginásio do Esporte Clube Sírio, no próximo dia 21 de outubro, vem dando o que falar. De um lado está Paulo Tebar, atual campeão dos super-leves (até 64,5kg) e um dos únicos - ao lado de Guto Inocente - a conquistar cinturões em duas divisões distintas do WGP Kickboxing; do outro, um nome que até pouco tempo atrás era desconhecido da maioria dos fãs do evento, apesar de ter grande reputação em todo o estado do Paraná: o curitibano Jordan Kranio. Ele fez jus a sua reputação e conquistou o Challenger GP da categoria no WGP #38 com dois nocautes avassaladores.

O evento tem início a partir de 18h e terá transmissão ao vivo do Canal Combate e Bandsports a partir de 20h30 e Fox Sports a partir de 22h.

Tebar é um velho conhecido do WGP Kickboxing. Nascido e criado na capital paulista, o lutador de 27 anos fez seu primeiro duelo no evento logo nas primeiras edições, em 2012. De lá pra cá foram outras sete lutas, com apenas uma derrota. Nesse meio tempo ele conquistou o cinturão dos leves (até 60kg) e se manteve soberano na categoria. No início deste ano, Tebar subiu para a categoria dos super-leves. Agora, depois da conquista diante de Guilherme Sanchos no WGP #38, ele tem o desafio da primeira defesa de título e se mostra confiante.

- Estou tendo a melhor preparação possível. Todas as lutas encaro da mesma forma, sem a expectativa de defender cinturão ou não e sim uma luta como todas as outras. Espero dar o meu melhor, estarei na minha cidade, perto dos meus amigos e da minha família. Não que isso influencie na hora da luta, mas me sinto mais confortável estando em casa. E também não me pressiona, sempre procuro me motivar para dar meu melhor, então estar em São Paulo é total motivação - afirma Tebar

Com a conquista sobre Sanchos, Tebar se tornou o segundo atleta - ao lado de Guto Inocente -, a conquistar títulos em duas categorias distintas do WGP. O próximo passo é defendê-lo pela primeira vez, mas ele terá pela frente um adversário que impressionou todo mundo ao conquistar o GP de forma avassaladora. Tebar falou sobre o que sabe sobre seu rival.

- Não conheço muito ele, vi algumas lutas só, acho que oferece mais perigo no início dos rounds, mas se eu vacilar ele pode oferecer perigo a qualquer momento. Acho que vai vir com vontade como qualquer outro adversário, mas eu também estou muito motivado. Não penso em controlar a pressão que ele vier a impor, estou tranquilo, fazer meu jogo e botar em prática a estratégia que estamos montando - garante, para completar sobre sua expectativa para o Challenger GP da categoria que acontece na mesma noite com duelos entre brasileiros e argentinos.

- Meu palpite pro GP é um dos brasileiros, inclusive já enfrentei os dois, e até por não conhecer os argentinos. O Vitor está um tempo sem lutar o WGP, então se for para escolher um acredito no Djavan, é um atleta duro, forte. Aposto minhas fichas nele - afirmou. 

Avassalador, Jordan Kranio promete entrar com mesmo ritmo das últimas lutas
Do outro lado do ringue está o curitibano Jordan Kranio, nome até então pouco conhecido dos fãs do WGPm, porém com grande reputação em seu estado. No WGP #38, lutando em sua cidade natal, Curitiba, o lutador foi além das expectativas e conquistou o Challenger GP da categoria ao vencer Samuel Pereira e Inglesson de Lara, ambos no primeiro round e com dois nocautes avassaladores. Para o duelo diante de Tebar, ele garante que vai entrar com a mesma vontade.

- Estou treinando muito duro para essa luta, muito mais do que as outras. Sei que as pessoas gostaram do meus combates em Curitiba e querem ver uma luta que vá de acordo com as expectativas deles. Não vou decepcioná-los e nem deixar dúvidas que vim pra incomodar nesta categoria - confia.

Jordan Kranio é nascido e criado na capital paranaense. Ele tem como treinador Rafael Teixeira, atleta recém-aposentado e bem conhecido do WGP. Na carreira profissional ele soma 14 vitórias em 15 lutas, um aproveitamento que, junto com duas últimas atuações no WGP, o coloca em um patamar alto para a disputa com Tebar. E ele também falou sobre o campeão e como vê o duelo na casa do adversário, situação oposta à que viveu em seu último duelo.

- Ele é um atleta muito experiente, inteligente e pontuador. Pretendo entrar na luta para fazer cinco rounds, mantendo meu jogo agressivo. E lutar com torcida a favor é muito bom, porém, estou focado no meu objetivo e encarar ele fora de casa não será um problema. Espero ganhar admiradores também em São Paulo após essa luta - afirma Kranio, que também apontou seu favorito para o GP da divisão.

- Acredito que o favorito seja o Wilson Djavan, porém não podemos esquecer que luta é luta e podemos sempre ter surpresas, então desejo um bom combate para os quatro atletas e que vença o melhor - finaliza.

O Challenger GP da categoria agita o WGP #41. Com dois duelos entre Brasil e Argentina, o vencedor será o próximo desafiante ao título. Em uma semifinal o paulista Wilson Djavan encara o hermano Nicolas Vega. Já na outra chave o carioca Vitor Oristanio enfrenta o argentino Bruno Mangiavillano. Outro destaque desta edição é a superluta internacional pelos pesos pesados entre Haime Morais e o paraguaio Carlos Meza.

WGP #41: Paulo Tebar vs Jordan 'Kranio'
Data: 21/10
Local: Ginásio do Esporte Clube Sírio (entrada pela Av. Ceci, nº 1, Planalto Paulista - São Paulo/SP)

Ingressos disponíveis no site Ingresso Rápido (https://goo.gl/sVL7uv)
WGP #41: Card Principal
Main Event: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing

Peso Super-Leve (64,5 kg)
Paulo Tebar (Veras TK/CT Paulinho Tebar) vs Jordan 'Kranio' (Teixeira Team/ARENA)

Co-Main Event: Challenger GP Final
Peso Super-Leve (64,5 kg)
Vencedor Semifinal 1 vs Vencedor Semifinal 2

International Super Fight
Peso Pesado (94,1 kg)
Haime Morais (FTT/Team Polvo - BRA) vs Carlos Meza (Team Fight Center/Valderrama Gym - PAR)

International Super Fight
Peso Leve (60 kg)
Robson 'Bull Terrier' Silva (Serginho Team - BRA) vs Daniel 'Choque' Miraga (União ABC Chile - CHI)

Challenger GP Semifinal 2
Peso Super-Leve (64,5 kg)
Wilson Djavan (UFT/Team Legendary - BRA) vs Nicolas Vega (Dojo Serpiente - ARG)

Challenger GP Semifinal 1
Peso Super-Leve (64,5 kg)
Vitor Oristanio (Daniel Mattos Strikers' Team - BRA) vs Bruno Mangiavillano (Don Team - ARG)

Super Fight
Peso Meio-Médio (71,8 kg)
Daniel Dias (União ABC) vs Arlison 'Tenchiran' (TRKB)

Super Fight
Peso Meio-Médio (71,8 kg)
Fabiano 'Mineiro' (Fight Game) vs Eliezer Silva (HULLKS Fight School)

Super Fight
Peso Leve (60 kg)
Diego Pìovesan (União ABC) vs Hugo Nascimento (Chacal Fight)

Super Fight
Peso Cruzador (85,1 KG)
Alessandro Benacci (Puro Impacto/Benacci team) vs Nattan Novak (CT Celio Rodrigues)

WGP #41: Undercard
Fight
Peso Meio-Médio (71,8 kg)
Marcos Oliveira (RFW) vs Jackson Santos (Thailand Top Team)

Fight
Peso Leve Feminino (60 kg)
Aline Pereira (Peso Pesado Team) vs Renata ‘Pitbull’ Mascena (Equipe Baiano PitBull/Team NIKolai - Leonardo Souza)

Fight
Peso Super-Médio (78,1 kg)
Victor Figueiredo (Team Nogueira PERDIZES/Team Figueiredo) vs Romulo Oliveira (Combat Club)

Fight
Peso Pena Feminino (56 kg)
Elaine Lopes (Brazilian Thai/Goes Team) vs Angela Rosa (Geração Fight Brasil)

Fight
Peso Meio-Médio (71,8 kg)
Alessandro Araújo (União ABC) vs Renan Mathias (Serginho Team)

Fight
Peso Pena Feminino (56 kg)
Dayane Cristine (TCT) vs Karina Canuto (Serginho Team)

Fight
Peso Leve (60 kg)
Paulo 'Sergipe' (Veras TK/CT Paulinho Tebar) vs Paulo Pizzo (Peso Pesado Team)