LANCE!
19/02/2018
11:24
Rio de Janeiro (RJ)

O UFC Fight Night que aconteceu neste domingo, em Austin (EUA), contou com três brasileiros em ação. E o saldo foi negativo. Francisco Massaranduba e Thiago Pitbull acabaram superados no card principal do show, enquanto Carlos Diego Ferreira foi o único representante do país a ter o braço erguido. Ele nocauteou Jared Gordon no primeiro round.

Afastado do octógono após dois anos devido a suspensão pelo flagra em exame antidoping, Carlos Diego mostrou uma trocação poderosa e liquidou o combate contra Jared Gordon após derrubá-lo com socos aos 1m58seg do primeiro assalto.


Com o resultado, Carlos Diego chega 13 vitórias e apenas duas derrotas em sua trajetória no MMA. Esta foi a sua segunda vitória consecutiva. Aos 33 anos, o amazonense é atleta da categoria dos leves.

Cerrone atropela Medeiros
Na luta principal do show, Donald Cerrone se recuperou de três derrotas consecutivas e venceu o havaiano por nocaute aos 4m58seg do primeiro assalto.  Depois de iniciar a luta trocando golpes e se expondo de forma arriscada, Donald encaixou um poderoso direto que balançou e derrubou Medeiros. Ele precisou então apenas garantir o triunfo por nocaute com mais alguns golpes no rival caído. Com o resultado, Cerrone igualou o recorde de vitórias no UFC de Georges St-Pierre e Michael Bisping, com 20 triunfos no total em sua carreira.

Brasileiros perdem no card principal

Escalados como parte do card principal do show, Thiago Pitbull e Francisco Massaranduba saírem derrotados do octógono. O primeiro foi nocauteado pelo estreante Curtis Millender no segundo round, enquanto Massaranduba acabou dominado por James Vick e superado na decisão unânime dos juízes. 

Confira os resultados do UFC Austin

Donald Cerrone venceu Yancy Medeiros por nocaute técnico no 1º round
Derrick Lewis venceu Marcin Tybura por nocaute no 3º round;
James Vick venceu Francisco Massaranduba por decisão unânime (triplo 29-28);
Curtis Millender venceu Thiago Alves por nocaute no 2º round;
Brandon Davis venceu Steven Peterson por decisão unãnime;
Sage Northcutt venceu Thibault Gouti por decisão unânime (triplo 29-28);
Card preliminar
Diego Ferreira venceu Jared Gordon por nocaute no 1º round;
Geoff Neal venceu Brian Camozzi por finalização (esgana-galo) no 1º round;
Roberto Sanchez venceu Joby Sanchez por finalização (mata-leão) no 1º round;
Lucie Pudilova venceu Sarah Moras por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27);
Alex Morono venceu Josh Burkman por finalização (guilhotina) no 1º round;
Oskar Piechota venceu Tim Williams por nocaute no 1º round.