Thales Leites

Thales Leites encara Gegard Mousasi em Londres, neste sábado (FOTO: UFC)

Carlos Antunes
23/02/2016
15:57
Rio de Janeiro (RJ)

Escalado para atuar no UFC Londres, neste sábado, quando encara Gegard Mousasi, Thales Leites não deixou de comentar a questão envolvendo a lesão de Rafael Dos Anjos. Isso porque seu companheiro de equipe José Aldo foi cogitado para substituir o compatriota no duelo contra Conor McGregor, no UFC 196, programado para o dia 5 de março, em Las Vegas (EUA).

Em entrevista ao LANCE!, o faixa-preta de jiu-jitsu vê como acertada a posição do treinador da Nova União André Pederneiras, que descartou que Aldo entre no combate, por não ter tempo hábil de se preparar

- Assim que cheguei (em Londres), vi na internet. É uma situação complicada. Essa luta tinha tudo para acontecer, seria excelente. Vejo o Rafael como o franco favorito para essa luta, por tudo que vinha apresentando, mas aconteceu. Acho que o Aldo não deveria e não deve lutar. O outro fez camp todo, numa categoria de cima, com musculatura para isso e treino para aquele peso. Eu não faria. Qualquer pessoa que analise de maneira coerente também não lutaria. Não falei com o Aldo, mas caso se confirme isso, a decisão foi acertada. Não tem porque fazer isso - afirmou.

Desde que retornou ao Ultimate, em 2013, Thales está com um ótimo retrospecto na franquia. Em seis lutas, o brasileiro teve cinco vitórias.