Luis Fernando Coutinho
03/11/2016
13:49
Rio de Janeiro (RJ)

Neste sábado, Charles Oliveira terá mais um grande desafio no octógono. O brasileiro, acostumado a encarar confrontos de alto nível no evento, terá pela frente Ricardo Lamas pelo card principal do UFC México, que acontece na Cidade do México. E diante do agendamento tardio da luta ele busca uma finalização rápida para não sofrer com o preparo físico.

ASSISTA AO UFC MÉXICO AO VIVO

A convocação de Charles aconteceu após a lesão de BJ Penn que cancelou a luta entre o ex-campeão e Lamas, que aconteceria no dia 15 de outubro.

O duelo com Lamas acontece na Cidade do México, onde a altitude é grande. Isso normalmente afeta a performance de muitos atletas. Ciente disso, Charles não teve tempo de viajar cedo para o México para se aclimatar e acredita que o caminho é o desfecho rápido para não sofrer com a falta de gás.

- Está muito em cima, pegamos essa luta com 20 dias de antecedência. A altitude atrapalha muito. Um cara como o (Cain) Velasquez sentiu, então estamos tentando nos preparar para isso. Não teve como chegar mais cedo (no México). Pra mim é ruim. Acho que vamos sentir, pegamos a luta em cima, a altitude atrapalha um pouco. Mas, se a gente conseguir finalizar ou nocautear o mais rápido possível ajuda bastante. Vai ser uma grande luta - avaliou o brasileiro, em conversa por telefone com o LANCE!.

Acostumado a encarar atletas tops da categoria desde sua chegada ao UFC, em agosto de 2010, Charles foi derrotado pelo ex-campeão dos leves Anthony Pettis, mas comemora mais um confronto de alto nível. 

- Quando eu entrei no UFC foi isso que eu pedi, sempre quis enfrentar os melhore, acho que é um voto de confiança do UFC, independente de qualquer coisa. Sempre ando para frente, ele é um cara trocador, tento fazer o meu melhor e uma coisa ajuda a outra. Mas honestamente não entendo esse ranking do UFC. Tem gente que eu ganhei e está na minha frente. Não dá para entender muito isso. Nós vamos dar um passo maior na categoria, vamos entrar nesse top 5 com a vitória contra o Lamas - afirmou o peso-pena.

Além de Do Bronx x Lamas, o UFC México conta com as apresentações de Rafael dos Anjos, Felipe Sertanejo e Douglas Andrade. O evento terá ainda a final do TUF América Latina 3 entre Martin Bravo e Claudio Puelles.

Confira as lutas do UFC México
Rafael dos Anjos x Tony Ferguson
Diego Sanchez x Marcin Held
Ricardo Lamas x Charles do Bronx
Martín Bravo x Claudio Puelles
Beneil Dariush x Rashid Magomedov
Alexa Grasso x Heather Jo Clark
Card preliminar
Erik Perez x Felipe Sertanejo
Joe Soto x Marco Beltrán
Erick Montaño x Max Griffin
Henry Briones x Douglas D' Silva
Sam Alvey x Alex Nicholson
Marco Polo Reyes x Jason Novelli
Enrique Barzola x Chris Avila