LANCE!
04/02/2018
05:17
Rio de Janeiro (RJ)

Pela primeira vez, Belém recebeu uma edição do maior evento de MMA do mundo. Na noite deste sábado, o ginásio do Mangueirinho foi palco da edição do UFC Fight Night 125. Lyoto Machida fez alegria da galera ao derrotar Eryk Anders na luta principal.

Com 11 lutas no card, as nove vitórias de lutadores brasileiros, espantaram o momento negativo desse começo de 2018. Antes do evento deste sábado, o Brasil só tinha uma vitória em nove lutas no ano.

Na luta principal, Lyoto Machida e Eryk Anders travaram um duelo de 25 minutos com bastante equilíbrio e muito estudo. Em combate marcado por muita trocação e movimentação de ambos, o brasileiro conseguiu levar a luta ao seu ritmo.

Apesar ter sofrido com as joelhadas do americano, Lyoto manteve seu estilo de sempre: esperando o adversário para contragolpear ou atacar no momento certo. Após cinco rounds, o ex-campeão dos meio-pesados foi declarado vencedor na decisão dividida do juízes.

Essa foi a 23ª vitória de Lyoto Machida no MMA, o brasileiro que ficou dois anos suspenso por conta de doping, vinham de uma sequência de três derrotas seguidas e não vencia desde dezembro de 2014.

Sem sustos, Valentina finaliza Pedrita
Maior favorita da noite, Valentina Shevchenko confirmou todas as expectativas e derrotou com tranquilidade a estreante Priscila Pedrita. Aplicando mais de 150 golpes, Valentina "massacrou" a brasileira.

Mostrando toda a sua superioridade no solo, a ex-desafiante do cinturão peso-galo feminino, não teve dificuldades para conseguir mais uma finalização em seu cartel.

Trator vence mais uma e Golm é superado
Apesar de não ter conseguido bater o peso, Michel Trator não deixou os seus problemas com a balança entrarem no octógono. O brasileiro levou a melhor sobre o americano Desmond Green.

Em um duelo bastante movimentado e com várias tentativas de finalização do brasileiro, após 15 minutos de luta, Trator foi declarado vencedor na decisão unânime dos jurados.

Na terceira luta do card principal o Brasil teve a sua primeira derrota da noite. Em duelo bastante morno, o peso-pesado Marcelo Golm acabou sendo derrotado por Timothy Johnson na decisão unânime dos jurados.

Thiago Marreta e Douglas D'Silva abrem card principal com vitória

As duas primeiras lutas do card principal do UFC Belém, começou do mesmo jeito que terminou o preliminar: vitória de brasileiros.

Douglas D'Silva conseguiu se recuperar de seu último combate. Com uma atuação bastante segura e mostrando toda a sua superioridade na trocação, o brasileiro dominou Marlon Vera durante os três rounds. Sem dar chances ao equatoriano, Douglas garantiu a vitória por decisão unânime dos juízes

Abrindo o card principal, Thiago Marreta entregou o que se esperava, mais um nocaute no octógono. Com uma sequência duríssima de golpes, o carioca aplicou um nocaute técnico em Anthony Smith no segundo round.

Resultados do UFC Belém

Card Principal

Lyoto Machida derrotou Eryk Anders na decisão dividida dos juízes
Valentina Shevchenko nocauteou Priscila Pedrita no segundo roundMichael Trator derrotou Desmond Green na decisão unânime dos juízes
Timothy Johnson derrotou Marcelo Golm na decisão unânime dos juízes
Douglas D'Silva derrotou Marlon Vera na decisão unânime dos juízes
Thiago Marreta nocauteou Anthony Smith no segundo round

Card Preliminar 
Serginho Moraes derrotou Tim Means na decisão dividida dos juízes
Alan Nuguette derrotou Damir Hadzovic na decisão unânime dos juízes
Polyana Viana finalizou Maia Stevenson no primeiro round
Iuri Marajó nocauteou Joe Soto no primeiro round
Deiveson Figueiredo nocauteou Joseph Morales no segundo round