Jon Jones foi o lutador mais jovem da história a conquistar um cinturão do UFC (FOTO: UFC)

Ex-campeão dos meio-pesados, Jones foi o atleta mais jovem a conquistar um cinturão do UFC (FOTO: UFC)

LANCE!
15/04/2016
17:30
Rio de Janeiro (RJ)

Com a lesão do campeão dos meio-pesados do UFC, Daniel Cormier, Jon Jones terá que enfrentar Ovince St. Preux no dia 23 de abril, em Las Vegas (EUA), em luta válida pelo cinturão interino.

Com o anúncio de que o UFC fará sua estreia em Nova York no dia 12 de novembro, é natural que os fãs imaginem que o evento contará com a presença de Jon Jones, mas o ex-campeão acredita que Daniel Cormier não aceitará enfrentar seu único algoz na cidade onde Bones nasceu.

- Tenho certeza de que não Cormier não quer lutar comigo no meu quintal, porque ele precisa usar todo o jogo mental que puder a seu favor – disse Jones, em conferência telefônica realizada nesta sexta-feira (15).

Sem lutar desde janeiro do ano passado, quando defendeu o cinturão pela oitava vez com vitória na decisão sobre Cormier, Jon Jones teve o seu cinturão cassado por problemas com a justiça americana e pretende se manter longe de confusões.

- Eu tive um ano bastante selvagem, mas passei por tudo isso e sigo e permaneço intacto. A única coisa que preciso me preocupar é em fazer as coisas certas do lado de fora do octógono – disse Jones, deixando a modéstia de lado

- Eu poderia nunca mais lutar novamente e ser colocado no Hall da Fama do UFC. Isso não soa arrogante, porque todos nós sabemos que isso é verdade. Vitórias e derrotas neste ponto da minha vida não definem quem eu sou. Acho que vou ser um campeão pelo resto da minha vida – concluiu.