LANCE!
27/06/2016
18:05
Rio de Janeiro (RJ)

O desentendimento entre Conor McGregor e a organização do UFC ainda está longe de acabar. Depois de ser retirado do UFC 200 após se recusar a cumprir compromissos com a imprensa, o astro irlandês garante que segue se desentendendo com o Ultimate pelos mesmos motivos.

Escalado para encarar Nate Diaz em revanche que acontece no UFC 202, dia 22 de agosto, em Las Vegas (EUA), McGregor detalha as dificuldades que tem encontrado na relação com o evento e sugere que a organização esteja exigindo mais do que ele pode dar.

- Ainda estamos indo e vindo em relação às obrigações com a imprensa. Está acontecendo agora mesmo. É interminável. Eles querem te mandar para a direita e para a esquerda. Acho que algumas pessoas não entendem o custo disso, especialmente vindo de uma derrota como essa, que eu verdadeiramente preciso me cuidar e consertar para chegar na forma que eu preciso. Não posso fadigar daquele jeito de novo e viver com isso. Vendo a forma como a luta aconteceu, não posso viver com isso. Preciso me isolar e apenas me concentrar em trabalhar e voltar e ter minha revanche. E é isso o que estou fazendo - avaliou em evento realizado em Dublin, em trecho reproduzido pelo site MMA Fighting.

Conor McGregor é o atual campeão dos penas do UFC, mas vai pela segunda vez atuar na divisão dos meio-médios contra Nate Diaz. O UFC 202 será um dos maiores eventos do ano. Conor e Nate se encontrarão no dia 8 de julho, em coletiva de imprensa que acontece em Las Vegas (EUA).