Sulivan

     George Sullivan preferiu colaborar com a USADA e assumir uma possível violação - (Foto: UFC)

LANCE!
22/07/2016
13:04
Chicago (EUA)

O cerco ao doping feito pela USADA (Agência Antidoping Americana) tem alterado diversos cards do UFC. Recentemente Jon Jones foi retirado do maior evento da história, a edição de número 200 da organização americana, a três dias de sua luta contra Daniel Cormier, após ser flagrado no doping.

Na última quinta-feira (21), o americano George Sullivan procurou a USADA para anunciar uma possível violação na política antidoping e acabou retirado do UFC de sábado (23), que acontece em Chicago (EUA) e terá Holly Holm x Valentina Shevchenko na luta principal.

O meio-médio enfrentaria Hector Urbina, que vai participar da pesagem, para o caso de alguma lesão ou necessidade de substituição nos outros combates que acontecem no seu peso.

Confira abaixo o comunicado oficial emitido pelo Ultimate sobre o caso:
O atleta do UFC George Sullivan divulgou voluntariamente informações para a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) de que poderia apresentar um potencial problema de compatibilidade com a Política Antidoping do UFC.

Após muito cuidado, Sullivan foi retirado de sua luta na noite de sábado contra Hector Urbina, enquanto a Usada conduz uma investigação sobre o assunto.