LANCE!
12/09/2016
17:40
Rio de Janeiro (RJ)

Apesar de não ter credenciais de lutador e nem experiência no mundo das lutas, CM Punk ofereceu ao UFC sua popularidade com o público do WWE para negociar a bolsa que receberia pela estreia no UFC 203. E o interesse gerado com sua luta foi tamanho que apesar de estreante o astro recebeu o valor de US$ 500 mil (cerca de R$ 1,6 milhão) pelo seu debute.

Os números foram divulgados pelo site MMA Fighting na tarde desta segunda-feira. Apesar de receber meio milhão de dólares pela luta onde acabou finalizado em 2m14seg por Mickey Gall via mata-leão, CM Punk não foi o lutador que recebeu a bolsa mais alta no show ocorrido em Cleveland (EUA). Stipe Miocic, atual campeão dos pesados, recebeu US$ 600 mil (R$ 1,9 milhão) após o nocaute em Alistair Overeem, desafiante que embolsou a maior quantia do evento: US$ 800 mil (R$ 2,5 milhões).

Fabricio Werdum foi o brasileiro com a melhor bolsa do show, faturando US$ 375 mil (R$ 1,2 milhão) com sua vitória contra Travis Browne por decisão unânime dos juízes.

Vale lembrar que os valores divulgados são apenas aqueles declarados pelo UFC junto a comissão atlética. Direitos de imagens e prêmios extras, normalmente maior parte do valor recebido por atletas do Ultimate, não costumam ser revelados.