Jon Jones é um dos maiores astros do UFC

                    Campeão interino dos meio-pesados, Jon Jones deve retornar ao MMA em breve - (FOTO: UFC)

LANCE!
25/08/2016
11:06
Rio de janeiro (RJ)

Flagrados no doping no mês passado, Jon Jones e Brock Lesnar tem motivos de sobra para comemorar. Segundo o site americano "MMA Fighting" publicou, a USADA (Agência Antidoping dos EUA) anunciou que os atletas vão pegar um gancho de no máximo um ano.

O motivo alegado para a suspensão mais curta do que se esperava é que as substâncias proibidas encontradas no corpo dos lutadores são consideradas "substâncias específicas", ou seja, podem não estar ligadas diretamente com a intenção do atleta em se dopar, segundo o código da WADA, a Agência Mundial Antidoping.

Campeão interino dos meio-pesados, Jones testou positivo para as substâncias proibidas hidroxiclomifeno e para metabólitos de Letrozole, dois bloqueadores de estrogênio. Já Brock Lesnar, também foi pego pelo uso de hidroxiclomifeno em dois exames diferentes.

Jones foi retirado do UFC 200 em cima da hora e deixou a luta com Daniel Cormier, dando lugar a Anderson Silva, em um duelo vencido pelo campeão, não válido por cinturão. Dana White já manifestou o desejo de casar o combate entre Jon Jones e Anthony Johnson para definir o próximo adversário de Cormier.

Já Brock Lesnar, chegou a lutar no UFC 200 e derrotou Mark Hunt na decisão unânime dos juízes, mas sua vitória deve ser anulada devido ao flagrante por doping.

A Comissão Atlética de Nevada ainda não divulgou a data dos julgamentos dos lutadores, mas devem ocorrer nos próximos meses.