LANCE!
04/01/2016
11:14
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de disputar o cinturão absoluto dos meio-médios do UFC pela segunda vez, Carlos Condit se mostrou desapontado com o resultado diante de Robbie Lawler. Na luta principal do UFC 195, ocorrido no último sábado, em Las Vegas (EUA), o primeiro manteve o título na decisão dividida dos juízes após uma batalha épica de cinco rounds que abriu de forma incrível o ano da organização americana. 

Chateado, mas sem reclamar da decisão dos árbitros da luta, Condit revelou em entrevista a site MMA Fighting, que a luta com Lawler pode ter sido a última de sua trajetória.

- Obviamente não (fez o suficiente para vencer a luta). Pode ser. Existe uma boa possibilidade dessa ter sido a minha última luta. Estou feliz com o que fiz da minha carreira, ceguei longe como jamais imaginei no esporte. Sempre dei o meu máximo. Perdi, a vitória não veio para mim, mas lutei como sempre luto. Posso sair (do esporte), tenho que ver - explicou o lutador.

Aos 31 anos, Carlos Condit já foi campeão interino dos meio-médios após bater Nick Diaz, em 2012. O americano soma um cartel de 30 vitórias e oito derrotas na carreira no MMA.