Adriano Moraes (FOTO: Divulgação)

                      Adriano Moraes comemora retorno vitorioso usando o jiu-jitsu no ONE FC 39 (FOTO: Divulgação)

LANCE!
23/03/2016
19:35
Rio de Janeiro (RJ)

Adriano Moraes, o popular "Mikinho", voltou a vencer com o jiu-Jitsu no One FC 39, realizado na última sexta-feira, em Yangon, Myanmar. O faixa-preta de Ataíde Junior finalizou Eugene Toquero no estrangulamento, aos 4min53s do primeiro assalto, depois de quase ver a derrota de perto.

- A luta em si foi muito dramática, afinal, ele é um lutador de muay-thai com mais de 100 lutas nas costas e um título mundial. O objetivo era botar para baixo. O que não esperava era tomar uma pedalada, que quase foi fatal. A partir daquele momento fiquei meio fora da luta e em seguida tomei uma joelhada voadora, vi estrelas, então, movimentei para recuperar. Mas veio outra joelhada e nessa hora minha sorte foi que ele caiu por baixo e o juiz parou a luta para ver meus machucados. Foi o tempo que precisei para me recuperar. Voltei e terminei o que tinha começado, botei para baixo e finalizei, graças a Deus - analisa Moraes, que lembrou os piores lances do duelo.

- O pior momento foi quando tomei a joelhada voadora, já tinha tomado uma pedalada e fiquei meio inconsciente depois da joelhada. Senti o cheiro da derrota, momento tenso. A lição dessa luta é sempre acreditar independente do que aconteça, a luta só termina quando o tempo acaba - declarou. 

O peso-mosca comentou os próximos passos da carreira no MMA e pensou no futuro, de olho em um reencontro.

- Bem, agora eu espero minha revanche contra Kairat Akhmetov, que é o campeão da divisão. Assunto de contratos não é comigo. A minha parte eu vou fazer, que é lutar, seja no One FC ou no UFC. O melhor de Deus está por vir - encerra Moraes.