LANCE!
07/11/2016
08:15
São Paulo (SP)

A partir desta segunda-feira, o mundo do tênis tem um novo líder do ranking da ATP, o britânico Andy Murray. Desde 1973, apenas outros 25 tenistas conseguiram chegar ao topo. O último deles, o sérvio Novak Djokovic, liderava desde julho de 2014.

Aos 29 anos, o escocês é o segundo mais velho a alcançar o posto, atrás apenas do australiano John Newcombe, que tinha 30 anos quando liderou pela primeira vez em 1974.

Newcombe, aliás, é um dos tenistas que liderou por menos tempo o ranking. Com apenas uma semana no topo, o australiano Patrick Rafter teve a passagem mais rápida, seguido pelo espanhol Carlos Moyà, que liderou por duas semanas.

Quem esteve no topo por mais tempo foi o suíço Roger Federer, com 302 semanas. Ele superou o americano Pete Sampras, que ficou 286 semanas no lugar mais alto do ranking da ATP.

Apenas dois sul-americanos conseguiram chegar à liderança. O chileno Marcelo Ríos ficou seis semanas como líder e o brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, esteve no topo por 43 semanas.