Lisca - Joinville

                             Lisca tinha a missão de tirar o Joinville da zona de rebaixamento (Foto: Divulgação)

LANCE!
17/09/2016
00:32
Rio de Janeiro (RJ)

A derrota do Joinville para o Vasco, na noite desta sexta-feira, marcou o fim da passagem do técnico Lisca no comando do JEC, o 19º colocado da Série B do Campeonato Brasileiro. Poucos minutos após o revés em São Januário, Julio Rondinelli, superintendente de futebol, comunicou a decisão. O auxiliar técnico Ademir Fesan e o preparador físico Felipe Celia também deixaram o clube.

– Após a derrota e entendimento com o presidente (Jony William Stassun), o Lisca está deixando o comando do Joinville. Vamos chegar em Joinville, pensar, conversar e ver o rumo que vamos tomar nesses últimos jogos que temos pela frente. Foi uma conversa após jogo, eu ele e o presidente. O entendimento foi que vamos abreviar o trabalho e dar sequência na competição – disse o dirigente.

Lisca chegou ao Joinville com a missão de tirar o time da zona de rebaixamento da Série B, mas não teve êxito. Foram três vitórias, quatro empates e cinco derrotas em 12 jogos, o que garantiu um aproveitamento de apenas 36,11%. O JEC soma cinco jogos sem vitórias como mandante na Segundona, sendo um empate e quatro derrotas.

Já com um provável novo treinador, o Joinville tentará iniciar uma reação na próxima sexta, quando receberá o Avaí, na Arena Joinville, às 20h30, pela 27ª rodada da Série B.