Aylon (Divulgação)
RADAR / LANCE!
06/02/2016
19:14
Porto Alegre (RS)

Coube a uma promessa do Internacional garantir a vitória salvadora na primeira partida da equipe após a saída de D'Alessandro. Após desperdiçar um caminhão de gols e apresentar falhas na defesa, a equipe viu o jovem Aylon garantir aos 47 minutos do segundo tempo a vitória por 3 a 2 sobre o Ypiranga-RS, em jogo válido pela primeira rodada do Gauchão. Além do jogador, formado na base, Paulão e Rodrigo Dourado marcaram os gols colorados, enquanto Danilinho e Wesley Matos descontaram para o Periquito.

Com o triunfo, o Inter chegou a quatro pontos em duas partidas. O Colorado volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Passo Fundo, no Beira-Rio, às 19h30. Já o Ypiranga, que estacionou nos três pontos, joga um dia antes, contra o Brasil de Pelotas, no Bento Freitas, às 20h30. 

YPIRANGA ABRE O PLACAR EM FALTA, MAS INTER ARRANCA EMPATE

Em seu primeiro jogo após a saída de D'Alessandro, o Inter tentava manter o ritmo de imprensar os adversários contra sua área, mas desafinava na hora de finalizar. Alex bateu rasteiro, e viu Laerte salvar em cima da linha. Em seguida, Vitinho cabeceou para fora, e Eduardo Sasha furou na hora da conclusão.

Para atravessar ainda mais o samba colorado, o Ypiranga estufou a rede logo em sua primeira tentativa. Danilinho cobrou falta de intermediária, e encontrou o ângulo de Alisson, aos 11 minutos.

O Colorado continuou a tentar encontrar sua harmonia, viu Alex finalizar nas mãos de Carlão, mas, enfim, conseguiu igualar o placar aos 23 minutos. Vitinho alçou falta e, após falha do goleiro, Paulão, em posição duvidosa, aproveitou para marcar.  Aos trancos e barrancos, a equipe de Argel Fucks ainda teve chances com Réver e Vitinho, mas esteve longe de ser digna do som de uma nova comemoração.   

AOS TRANCOS E BARRANCOS, INTER VENCE NO FINAL

As duas equipes voltaram do intervalo com mudanças. O Inter indicou uma postura mais ofensiva, com o meia-atacante Marquinhos substituindo o volante Fernando Bob, enquanto o Ypiranga teve uma troca na meta: Dudu entrou no lugar do lesionado Carlão.

O Colorado esboçou um novo enredo para o seu samba. Após Dudu sair mal, Rodrigo Dourado encheu o pé. A bola carimbou a trave e, após um desvio no braço do goleiro, foi parar na rede aos quatro minutos.

Empolgada, a equipe de Argel Fucks lançou-se à frente, mas viu a história se repetir. Após finalizações de Anderson, Eduardo Sasha e William pararem nas mãos de Dudu, a defesa deu novo passo em falso. Danilinho cobrou escanteio, Alisson e os defensores hesitaram, e Wesley Santos desviou para o fundo da rede aos 21: 2 a 2.

Vendo o relógio passar, o Inter partiu para frente, alheio a preocupações com harmonia e conjunto. Eduardo Sasha e Aylon esbarraram em Dudu, e Andrigo carimbou a trave em finalização da intermediária.  

Até uma promessa colorada fazer o gol redentor. Aos 47 minutos, Eduardo Sasha cruzou para a área e Aylon concluiu para a rede. Mesmo com um enredo digno de emocionar seus torcedores, o Inter garantia sua primeira vitória no Gauchão.

INTERNACIONAL 3x2 YPIRANGA-RS

Data: 06-02-16
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Renda / Público: 8.109 presentes / R$ 213.435,00
Árbitro: Daniel Soder (RS)
Assistentes: Lucio Flor (RS) e Tiago Diel (RS).

Cartão amarelo: Carlão (YPI)


Gols: Danilinho, 11/1T (0-1), Paulão, 23/1T (1-1), Rodrigo Dourado, 4/2T (2-1), Wesley Santos, 21/2 (2-2) e Aylon, 47, 2/T (3-2).

INTERNACIONAL: Alisson; William, Réver, Paulão e Artur; Fernando Bob (Marquinhos, intervalo), Rodrigo Dourado, Anderson (Aylon, 32/T) e Alex (Andrigo, 24/2T); Eduardo Sasha e Vitinho. Técnico: Argel Fucks


YPIRANGA: Carlão (Dudu, intervalo), Márcio, Negretti, Wesley Santos e Laerte; Jessé, Jardel (Wesley, 10/2T), Robson e Danilinho (Jucemar, 29/2T); João Paulo e Túlio Renan. Técnico: Leocir Dall'Astra