Cirino - Internacional

(Foto:Divulgação)

LANCE!
25/04/2017
13:13
Porto Alegre (RS)

Reforço do Internacional desde a última segunda-feira à noite, o atacante Marcelo Cirino foi apresentado no clube gaúcho no término da manhã desta terça-feira, no Beira-rio. Ele é jogador do Inter até o fim desta temporada.

 Ex- Flamengo e Atlético-PR, o atleta de 25 anos prometeu não se intimidar e brigar por espaço mesmo com uma concorrência pesada. 

 - Eu venho pra somar.  Vou brigar pelo meu espaço e quando eu tiver a minha oportunidade vou procurar aproveitar da melhor maneira - comentou Cirino, que usou a camisa 77 na apresentação. 

Sem espaço no Flamengo, onde estava desde 2015, ele brigará por espaço com Brenner, Carlos, Nico López, Sasha, Roberson e Diego.  Marcelo Cirino também prometeu cair nas graças do torcedor e projetou um grande ano do Colorado e dele.  A lista crescerá em maio, quando William Pottker, da Ponte, mas já vendo ao Inter, se apresenta no clube. 

 - Eu vim pra jogar futebol e espero fazer um grande ano. Tenho certeza que o torcedor vai gostar muito do Marcelo Cirino. Eu tenho certeza que vai dar certo. O Inter é um grande time, um time que tá encaixado e eu venho pra somar - completou. 

Marcelo Cirino ficou no Flamengo entre janeiro de 2015 e abril de 2017. Na primeira temporada, marcou onze gols e no ano passado fez 12.  Este ano não marcou e seu último jogo foi na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, seu primeiro time, pela terceira rodada da Libertadores, no Maracaña, no último dia 12. 

Cirino estava somente emprestado ao Flamengo, mas o clube carioca terá de pagar pelo jogador. Estima-se que o Rubro-Negro tenha de desembolsar cerca de R$ 16 milhões pelo tempo que ficou com o atleta. No entanto, o Internacional deve amenizar o problema, arcando com uma pequena parte deste montante.

Esta quantia (R$ 16 milhões) será destinada ao fundo de investimento Doyen, que viabilizou a contratação do atacante pelo Fla, ainda em 2015. Esta foi a segunda investida do Internacional por Cirino. Na primeira, não houve acordo, mas os gaúchos seguiram interessados em contar com o atleta.