O goleiro da seleção masculina conhecido como BomBom sofreu ataques racistas durante partida da Liga Asobal. Foto: Xavier Solanas / Liga Asobal

O goleiro da seleção masculina conhecido como BomBom sofreu ataques racistas durante partida da Liga Asobal. Foto: Xavier Solanas / Liga Asobal

Tábata Machado
08/02/2016
18:53
Espanha

O goleiro da Seleção Brasileira Masculina, César Augusto Oliveira de Almeida, conhecido como BomBom, passou por um episódio lamentável no último sábado (06) quando a sua equipe Fraikin BM. Granollers jogava contra o Anjo Ximénez Puente Genil. Os insultos racistas obrigaram os juízes a paralisar o jogo por alguns minutos para que os responsáveis pudessem ser localizados e responsabilizados pelos atos. 

O confronto que acontecia pela liga Asobal bem como do time Anjo Ximénez Puente Genil que teve rápido posicionamento. Em um comunicado oficial a equipe lamenta o ocorrido, que não foi o primeiro episódio, e condenou de maneira enérgica os insultos se solidarizando e desculpando-se com BomBom.

O autor dos insultos foi identificado e ficará proibido de participar de toda e qualquer evento organizado pelo clube, que deixou claro que esta atitude não representa nem compactua com as ideias do time.