Marcelo Grohe - Grêmio

(Foto: Divulgação)

LANCE!
02/12/2016
17:02
Porto Alegre(RS) 

Na contramão de dirigentes e demais jogadores, o goleiro do Grêmio, Marcelo Grohe preferiu não opinar sobre um possível cancelamento da última rodada do Brasileirão.  O arqueiro do Tricolor Gaúcho destacou que prefere deixar a decisão nas mãos de 'quem sabe'.  

 – Há pessoas que são responsáveis pela tomada de decisão. O que for decidido, se jogar ou não, vamos ter que respeitar. É difícil falar, realmente foi algo muito forte, não é brincadeira. Mas temos que seguir a vida, temos uma decisão na quarta. Estamos nos preparando para ela. É inevitável, olhamos na televisão e só se fala nisso. A gente acaba pensando, parece que não tem como cair a ficha.  Eu acho que o adiamento dessa semana foi acertado, não tinha clima. Na semana que vem, se o pessoal achar que é necessário para acabar o campeonato, vamos ver o que vão decidir – disse o camisa 1

O arqueiro gremista também comentou sobre a situação do goleiro Follmann, da Chapecoense. Um dos seis sobreviventes da tragédia que deixou 71 mortos, Follmann foi companheiro de Grohe no Grêmio, que desejou uma ráída recuperação ao amigo. 

– Trabalhei com o Follmann aqui, era um cara extremamente positivo, brincalhão. Não só eu, mas todos que trabalharam ou não estão na torcida. A gente procura informações através do Ramiro para ter algo mais preciso. Tomara a Deus que Follmann, Alan Ruschel, que atuou no Inter, tem o Neto, tem o jornalista, pessoal da tripulação, possam se recuperar o mais rápido possível – completou.