Geromel - Prêmio Brasileirão

Geromel tem mais três anos de contrato com o Grêmio. (Foto: Kin Saito/CBF)

RADAR/ LANCE!
20/12/2016
15:45
Porto Alegre (RS)

Eleito um dos melhores zagueiros do Campeonato Brasileiro em 2016, Pedro Geromel falou em entrevista ao programa ''Seleção Sportv'' sobre o ano da equipe gaúcha.

Tranquilizando os torcedores sobre possíveis especulações envolvendo seu nome, Geromel esclareceu a sua situação contratual no Grêmio:

- Minha situação contratual é muito simples, eu renovei ano passado por mais quatro anos. A partir de janeiro tenho mais três anos, estou muito feliz no Grêmio, a gente foi campeão agora, eu tirei essa semana para ser pai, para curtir minha família, meus filhos, marquei agora de voltar aqui para me apresentar, mas estou descansando, estou de férias.

No meio do ano, Roger Machado pediu demissão e Renato Portaluppi assumiu a equipe. A primeira medida de Renato, foi ajustar a marcação na bola aérea, principal problema da equipe até então. O zagueiro afirmou que o momento era de mudança:

- Ele (Renato) corrigiu alguns pontos que a gente não tinha conseguido corrigir antes. Ele mudou o tipo de marcação e deu responsabilidades para os jogadores. A gente mudou, chegou uma hora que a mudança era necessária.

Com o título da Copa do Brasil no fim do ano, Geromel fez questão de dividir os méritos entre os dois treinadores:

- Ele (Roger) ajudou muito a gente, tem muito mérito no título que a gente conquistou. Eu não tive problema nenhum com o Roger, pelo contrário, sou muito grato por tudo que ele fez por mim, pelo Grêmio, só que o Renato chegou e teve o jeito diferente dele. Cada jogador é um jogador, né? O Renato sabe identificar isso, tem aquele feeling, soube trabalhar bem isso e trazer de volta para o grupo o Ramiro, por exemplo, que estava com dificuldades.

O jogador também comentou sobre a presença do Maicon, capitão da equipe, na postura da equipe em campo:

- Com certeza ele deu um plus a mais para o time. O Grêmio é um com Maicon e outro sem ele. - finalizou.