André Lima

André Lima, que marcou novamente contra o Galo, segue no time e mantém Walter no banco. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
25/05/2016
08:35
Curitiba (PR)

Com uma derrota e um empate até aqui, o Atlético-PR quer vencer o Botafogo nesta quarta-feira, às 19h30, em Juiz de Fora, pela terceira rodada, para aliviar uma possível pressão inicial no Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando longe de Curitiba, o time atleticano aposta em um bom resultado.

O revés para o Palmeiras (4x0), no Allianz Parque, e a igualdade (1x1) diante do Atlético-MG, na Arena da Baixada, não preocupam o técnico Paulo Autuori. O comandante rubro-negro afirmou que, mesmo sem um triunfo, as atuações tranquilizam.

- Nossa obrigação é fazer um bom campeonato e não tenho dúvida que vamos conseguir. Os últimos jogos me dão a garantia que somos uma equipe competitiva, mas é muito cedo para ter uma análise no sentido de apontar favoritos - avaliou.

O treinador não quis confirmar o time titular, mas sinalizou que dificilmente fará alguma mudança nos 11 jogadores que iniciaram contra o Galo, no último domingo. Assim, o ala Eduardo continua mesmo com Léo voltando de suspensão e André Lima é mantido no ataque, com Walter ficando no banco. 

- A minha preocupação não é dizer que fulano ou ciclano são titulares, mas sim a equipe como um todo. O meu discurso não muda, a minha preocupação é com o coletivo, não gosto de fazer análises individuais, nem para o bem, nem para o mal - comentou.

Independente se muda ou não o time, Autuori garante que o elenco é consciente com o que tem que fazer. Esse discurso é adotado pelo técnico em diversas entrevistas e é alinhado com os jogadores.

Entretanto, o comandante entende que é preciso melhorar alguns aspectos, principalmente o último terço do campo, de forma ofensiva, quando é preciso ser mais agudo e determinante: explorar a transição e causar mais dificuldades no sistema defensivo adversário.

- Trabalhamos para ter uma equipe que jogue em qualquer circunstância, diante de qualquer adversário. Temos que ser uma equipe pronta. Vamos trabalhar para jogar futebol e vencer. Temos que acertar detalhes em momentos do jogo, mas isso é maturidade e vamos adquirir. Não temos o tempo necessário e o mais importante é que entendam em nossas conversas o que queremos. E eles já sabem -concluiu.

O Atlético-PR deve ir a campo com: Weverton; Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio e Hernani; Ewandro, Pablo e Nikão; André Lima.