Germano foi expulso contra o Coritiba, pela semifinal do Estadual de 2015

Germano foi expulso contra o Coritiba, pela semifinal do Estadual de 2015. (Pedro A. Rampazzo/Londrina E.C)

Guilherme Moreira
17/02/2016
22:26
Curitiba (PR)

A tendência se tornou realidade. Em julgamento na noite desta quarta-feira, no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR), o Londrina foi punido e perdeu seis pontos na tabela de classificação do Campeonato Paranaense. O time do interior ainda pode recorrer.

O caso envolve a escalação irregular do volante Germano, na partida de estreia do Estadual, diante do PSTC. Expulso na partida de ida da semifinal da competição em 2015, frente ao Coritiba, o atleta deveria cumprir a suspensão automática na primeira rodada deste ano. Entretanto, o jogador foi escalado e atuou na vitória por 2 a 0.

No duelo seguinte, diante do Toledo, o Londrina soube do erro e deixou Germano de fora da segunda rodada. Porém, apenas diminuiu o prejuízo na tabela. O clube paranaense foi denunciado por infringir os artigos 214 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – por incluir atleta em situação irregular para partida e por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva.

Na decisão final, o time do Norte foi foi condenado no artigo 223 e absolvido no artigo 214 - apenas José Avalcir Guimarães optou pela punição nos dois artigos. O restante da mesa votou no artigo em que o clube não cumpriu a decisão da Justiça Desportiva.

O advogado do Tubarão, Domingos Moro, alegou que o Londrina não teria sido notificado da decisão. Apesar de não ser comunicado, o responsável pelos registros, Maurício Trombeta, afirmou que sabia da punição através do site oficial do TJD.

O caso segue para o pleno do TJD-PR e, se condenado em mais uma instância, irá para o tribunal do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Como cabe recurso, o Londrina irá recorrer da decisão. Com 10 pontos e então na terceira colocação, o Tubarão caiu para sexto, com quatro pontos.