Goleiro Marcos, do Paraná, foi o destaque da partida

Goleiro Marcos, do Paraná, foi o destaque da partida (Foto: site oficial)

Daniel Piva
20/02/2016
22:12
Curitiba (PR)

O Paraná venceu o Toledo, na noite deste sábado, por 2 a 1, na Vila Capanema, e manteve o 100% de aproveitamento na temporada, continuando na liderança isolada do Campeonato Paranaense e alcançando a melhor largada em um ano na sua história, com cinco triunfos seguidos. Porém, as importantes marcas vieram com uma grande dose de sofrimento, principalmente no segundo tempo.

No começo da partida, o Paraná ditou o ritmo do duelo. Logo aos quatro minutos o meia Válber arriscou de fora da área e assustou o goleiro Fabrício, do Toledo. Porém, aos poucos a equipe do interior acertou a marcação e aos 30, quando acertou um contra ataque, abriu o placar na Vila Capanema com Tácio.

O gol adversário não apavorou o Paraná, que conseguiu o empate na sequência. Aos 34, o volante Anderson Uchôa arriscou um arremate de longa distância e marcou um belo gol, deixando tudo igual. "Tive muita felicidade ao acertar esse chute", disse o meio-campista.

E a virada do Tricolor veio ainda no primeiro tempo, com Lúcio Flávio, que fez de cabeça após um cruzamento de Válber, aos 43. "Vacilamos e tomamos o gol, mas conseguimos sair ganhando. Temos que seguir pressionando", apontou o atacante.

Porém, o que se viu na etapa final foi muita pressão do Toledo. Diego Tavares exigiu duas grandes defesas do goleiro Marcos, aos 11 e aos 17. E o camisa 1 paranista voltou a brilhar aos 39 e 49, em uma cobrança de falta na entrada da grande área e garantiu a vitória tricolor. "A minha principal motivação é essa torcida, que está carente. Sei disso porque também sou um torcedor", declarou.

Agora, o Paraná tem pela frente uma verdadeira prova de fogo: na quarta-feira o Tricolor encara o Londrina, no Estádio Vitorino Gonçalves Dias, no domingo encara o Atlético-PR, na Vila Capanema, e no outro final de semana realiza o outro clássico, contra o Coritiba, no Couto Pereira.