Walter

Walter ainda não marcou na temporada. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Daniel Piva
08/05/2016
11:01
Curitiba (PR)

Neste domingo, às 16 horas, o Atlético-PR pode encerrar um longo jejum. O último título conquistado pelo clube foi em 2009. Agora, diante do Coritiba, o Furacão tem uma longa vantagem e pode enfim voltar a levantar um troféu. Apesar do discurso de que nada está resolvido, os jogadores admitem uma certa ansiedade. Principalmente o atacante Walter, que revela que não vê a hora de levantar uma taça.

- O último título foi em 2009. É muito tempo sem ser campeão para um clube como o Atlético-PR. A gente respeita o Coritiba, é um grande time com um grande treinador, mas precisamos do título - afirma Walter.

Segundo o atacante, até mesmo o fato dos times das categorias de base aparecerem constantemente com taças incomoda o elenco principal.

- Quando a gente está no refeitório do CT almoçando e chegam aqueles meninos com troféus eu penso: nós precisamos trazer uma taça para cá logo. Não vejo a hora de colocar um troféu no Atlético-PR - declara.

Para o jogador, o fim do jejum do clube é muito mais importante que o dele, que segue sem marcar gols nesta temporada.

- A gente pode ser campeão sem um gol sequer meu. O que mostra a força do elenco. Ano passado era só Walter, Walter, Walter... agora não. Quem sabe eu desencante no domingo, mas tudo o que eu quero é ser campeão - avisa.