Luciano Cabral

Meia chegou ao Atlético-PR em julho, contratado junto ao Argentinos Juniors (Divulgação/Argentinos Juniors)

Daniel Piva
03/01/2017
19:49
Curitiba (PR)

De acordo com os jornais Uno San Rafael e El Sol, o meia Luciano Cabral, do Atlético-PR, está descartado de ser o autor de um homicídio que aconteceu em Mendoza-ARG. O autor do assassinato, segundo a polícia local, foi o pai do atleta. 

Joan Villegas, de 27 anos, foi assassinado no dia 1º de janeiro no período da manhã. De acordo com a investigação, cinco homens agrediram a vítima, que acabou morrendo com afundamento de crânio, após ser golpeado com uma pedra.

Inicialmente, Luciano Cabral foi envolvido no crime. Havia a indicação de que o atleta poderia, inclusive, ser chamado para prestar esclarecimentos, algo que acabou sendo descartado pelas autoridades locais.