Camisa 29 marcou seu segundo gol com a camisa rubro-negra

Camisa 29 marcou seu segundo gol com a camisa rubro-negra. (Divulgação/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
21/02/2016
19:04
Curitiba (PR)

Com dificuldades, o Atlético-PR empatou com o Cascavel neste domingo, em Toledo, por 2 a 2, pela quinta rodada e tropeçou novamente no Campeonato Paranaense. Após virar o marcador, a equipe rubro-negra levou a igualdade no último lance, com gol contra de Eduardo.

Tendo três mudanças na equipe titular, com as entradas de Thiago Heleno e Cleberson na zaga, além de Anderson Lopes no meio-campo, e o Furacão não fez um bom jogo e sofreu com o adversário. Logo aos 12, Marcos Guilherme errou o passe e deu o contra-ataque para a Serpente. Batista avançou com a bola, ninguém deu combate e o jogador chutou rasteiro de fora da área para abrir o placar.

Atrás do marcador, a equipe rubro-negra tinha dificuldade para criar jogadas. Em um lance individual, Eduardo cortou dois jogadores e cruzou na medida para Vinícius, de cabeça, empatar o duelo, aos 24.

Apesar do gol, o Atlético-PR seguiu sem inspiração no ataque e deixava o adversário chegar com perigo. Dando espaço no meio-campo, o time atleticano via o Cascavel chegar na sua defesa sem muito esforço devido à falha na marcação. No último minuto, entretanto, André Lima perdeu um gol cara a cara com o goleiro.

Na volta do intervalo, Marcos Guilherme saiu para a entrada de Crysan. Já em sua primeira jogada, o atacante subiu e cabeceou na trave, quase conseguindo a virada. E era assim, em bola aérea, que a equipe rubro-negra conseguia levar perigo.

Mesmo com Anderson Lopes ter levado perigo na mesma jogada com dois chutes difíceis para defesas do arqueiro da Serpente, a falta de criatividade do Furacão fazia com que os jogadores apostassem em bolas alçadas na área. E, no escanteio cobrado por Vinícius, Crysan não errou e fez de cabeça com 33 da segunda etapa.

Em vantagem, o Furacão administrou na reta final da partida. A equipe atleticana conseguiu impedir, com a melhora no preenchimento de espaço, que corresse algum risco de levar o empate. Porém, no último lance, Eduardo tentou tirar e errou o chute, marcando contra, aos 48.

Com a igualdade, o Atlético-PR segue na segunda colocação, com 11 pontos. No próximo domingo, às 19h30, o Furacão encara o líder Paraná na Vila Capanema, pela sétima rodada do Estadual. Antes, na quarta-feira, recebe o Criciúma, às 19h30, na Arena da Baixada, na segunda rodada da Primeira Liga.