Germano agrediu o ala Norberto no Estadual do ano passado e foi denunciado

Germano agrediu o ala Norberto no Estadual do ano passado e foi denunciado. Robson Vilela/Londrina Esporte Clube

Guilherme Moreira
05/02/2016
19:23
Curitiba (PR)

Acusado de escalar um atleta irregularmente, o Londrina vai a julgamento na próxima quarta-feira, dia 10, no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR). O clube do interior pode perder seis pontos no Campeonato Paranaense.

A denúncia é decorrente da escalação do volante Germano na partida de estreia da equipe, na vitória diante do PSTC, por 2 a 0, no último final de semana. No duelo do meio da semana, contra o Toledo, a direção optou por não escalar o meio-campista.

Germano foi expulso por agressão ao lateral-direito Norberto, do Coritiba, no jogo de ida das semifinais do Estadual de 2015, no Estádio do Café. O julgamento aconteceu no dia 12 de maio, e o atleta foi suspenso por uma partida - que deveria ocorrer no primeiro jogo desta temporada.

O clube foi denunciado por infringir os artigos 214 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): incluir atleta em situação irregular para partida e deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, respectivamente. Além da perda de pontos, o clube pode ser multado entre R$ 100 e R$ 100 mil.

Com seis pontos, o Londrina é um dos líderes do Campeonato Paranaense, ficando atrás de Coritiba e Paraná pelo saldo de gols. Na próxima rodada, no dia seguinte ao julgamento, o time enfrenta a equipe coxa-branca, no Estádio Couto Pereira, às 19h30.