Bahia x Atlético-PR

Primeiro tempo foi melhor para o Bahia, mas o Atlético-PR reagiu na etapa final (Foto: Will Vieira/Raw Image)

LANCE!
29/04/2018
18:35
Curitiba (PR)#

Bahia e Atlético-PR ficaram em um 0 a 0 na tarde deste domingo, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O resultado acabou sendo melhor para o time paranaense, que não conseguiu repetir as boas atuações e teve no goleiro Santos o grande nome da partida. De quebra, o Furacão manteve a invencibilidade sob o comando do técnico Fernando Diniz.

DEFESA FORTE

No primeiro tempo, o Atlético-PR encontrou dificuldades para sair jogando e sofreu com a marcação do Bahia. Assim, as primeiras chances foram dos mandantes, que assustaram com os arremates de Vinícius, Nino Paraíba e Élber. Ainda na etapa inicial, o meia Zé Rafael acertou a bola na trave do goleiro Santos.

Já o Atlético-PR só conseguiu chegar com perigo uma vez, mas Guilherme foi barrado na hora da finalização e mandou pela linha de fundo.

FURACÃO CRESCE E SANTOS SALVA

No segundo tempo, o Atlético-PR cresceu de rendimento e teve duas ótimas oportunidades. Aos seis minutos, Guilherme recebeu dentro da área e chutou rasteiro para o gol. Porém, o meia Zé Rafael salvou em cima da linha. Depois, mais na reta final da partida, Thiago Carleto acertou o travessão em uma cobrança de falta frontal.

Já o Bahia não conseguiu chegar tantas vezes como no primeiro tempo. Mas, aos dez minutos, a equipe teve duas ótimas oportunidades na mesma jogada. Edigar Junio e Elber exigiram grandes defesas do goleiro Santos, do Atlético-PR.

TUDO IGUAL

Desta forma, o placar foi mesmo de 0 a 0. Na próxima rodada, o Bahia vai até Recife encarar o Sport, na Ilha do Retiro. Já o Atlético-PR vai jogar em casa contra o Palmeiras, na Arena da Baixada.


FICHA TÉCNICA
BAHIA 0X0 ATLÉTICO-PR


Estádio:
Arena Fonte Nova, Salvador (BA).
Data: Domingo, 29 de abril de 2018.
Horário: 16h.
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG).
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG).
Público pagante: 16.313/ Renda: R$ 312.815,00.

Cartões amarelos: Paulo André e José Ivaldo (CAP); Zé Rafael e Elber (BAH).
Cartões vermelhos: Não houve.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Rodrigo Becão (Everson/ Intervalo), Lucas Fonseca e Léo; Élton e Gregore; Zé Rafael, Vinícius (Régis, 25`2ºT) e Élber; Edigar Junio (Júnior Brumado/ 21`2ºT). Técnico: Guto Ferreira.

Atlético-PR: Santos; Esteban Pavez, Paulo André e José Ivaldo; Matheus Rossetto, Lucho González (Jonathan/ 23`2ºT), Bruno Guimarães e Thiago Carleto; Nikão, Pablo (Lucas Ribamar/ 39`2ºT) e Guilherme (Raphael Veiga/ 31`2ºT). Técnico: Fernando Diniz.