PH volante do América-RJ

PH diz que triunfo melhorou ambiente do grupo (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
13/03/2016
12:34
Rio de Janeiro (RJ)

Ao encerrar no último domingo a primeira fase do Campeonato Carioca na quinta posição do Grupo B, o América-RJ acabou não alcançando o seu objetivo principal no torneio, a classificação para a Taça Guanabara. Aceitar a ideia de que o destino do clube vermelho na competição seria a disputa da Taça Rio, não foi tão simples para o volante PH. Após ajudar o alvirrubro a derrotar a Cabofriense por 2 a 1, neste sábado, o camisa dez americano falou sobre a semana difícil que precedeu a partida e elogiou a superação do time no confronto com o rival da Região dos Lagos.

- Nossa semana foi muito intensa psicologicamente, já que ainda nos recuperávamos do fato de não termos conseguido a classificação para a Taça Guanabara. Confiamos muito no nosso grupo, e uma vitória na abertura da Taça Rio era exatamente o que precisávamos para melhorar o ambiente e mostrar que somos capazes de superar momentos complicados. Fomos melhores em grande parte do jogo, mas não estávamos conseguindo marcar. Com o placar aberto e depois ampliado, permitimos que eles crescessem na partida e marcassem o seu gol. Esta foi a nossa terceira vitória nas últimas cinco partidas, e a evolução da equipe é clara. Queremos muito conquistar a Taça Rio para assim como em 2015, a torcida do América, também neste ano, poder comemorar um título - afirmou.

E para chegar lá, o América-RJ terá que continuar se superando. Nas duas rodadas a seguir, o Mecão atuará longe de sua torcida, encarando o Friburguense daqui a uma semana no Eduardo Guinle e o Tigres em Los Larios no dia 26. PH enxerga dois lados na questão.  

- Atuar fora de casa seguidamente nunca é bom, entretanto, com um bom planejamento esse fato poderá até mesmo ser benéfico para nós, já que em seguida receberemos Bonsucesso e Resende em Edson Passos. Se somarmos quatro pontos nas duas primeiras partidas, chegaremos em excelentes condições para fazermos os jogos em casa - definiu o jogador.