Sandro Meira Ricci - Arbitro durante o clássico entre Flamengo e Fluminense

(Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)

Igor Siqueira
24/11/2016
12:11
Rio de Janeiro (RJ)

O árbitro Sandro Meira Ricci teve mantida no Pleno do STJD a pena de suspensão recebida no primeiro julgamento no Tribunal, por causa do episódio no clássico entre Flamengo e Fluminense. Assim, Ricci, árbitro brasileiro na Copa-2014, foi suspenso por 60 dias, além de levar multa de R$ 1 mil.

O clássico Fla-Flu, em outubro, ficou marcado pela anulação do gol de Henrique, mas a demora na definição - 13 minutos -, idas e vindas na decisão da arbitragem e a invasão de atletas ao gramado deixou dúvidas no Flu sobre a existência de interferência externa.

- Entendo que a conduta do árbitro foi temerária por voltar duas vezes na decisão, deixando o jogo paralisado por 13 minutos, inclusive deixando dúvidas acerca da origem da decisão. Na súmula, ainda colocou que nada de anormal havia acontecido - disse o relator do caso, o auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva, que emendou:

- A dúvida permeou a verdade. A demora excessiva violou o artigo. O árbitro se omitiu. Neste caso, além de ser honesta, a decisão tem que parecer honesta. A elasticidade do tempo e o vai e volta deixou claro que pode ter interferência externa. Se a decisão fosse anular o gol, talvez o caso não desse tanta repercussão.

Sandro, logo depois do episódio, ficou afastado por algum tempo porque foi convidado para apitar na Liga da Índia. O árbitro já cumpriu 15 dias da suspensão e, por isso, não atua mais na temporada.