Raul Cabral

Raul Cabral comandará o Avaí até o fim do Brasileirão (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

RADAR/LANCE!
11/11/2015
12:20
Florianópolis (SC)

O presidente do Avaí, Nilton Macedo Machado, afirmou, nesta quarta-feira, que o clube não contratará um técnico para substituir Gilson Kleina, que rescindiu contrato com o clube na terça à noite. O dirigente confirmou que o auxiliar Raul Cabral comandará o time no restante da temporada. Segundo o mandatário, a saída do antigo treinador foi decidida de forma amigável. Para Nilton, era preciso mudar o comando para tentar a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro.

- O acordo para a rescisão de contrato foi um consenso. Havia esta necessidade para o bem do clube e não perdermos o sonho de se manter o time na Série A. O próprio Gilson reconheceu isso. Chegamos a um acordo bom para duas partes. Não estamos à procura de técnico porque o Raul Cabral, que já treinou a equipe mais de uma vez, e estava acompanhando como auxiliar e ficara até o fim do campeonato. Depois vamos ver se vamos mantê-lo ou não - disse Nilton, em entrevista ao "Redação SporTV"

Com 34 pontos, o Avaí ocupa a 16ª posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, sendo o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Nilton Macedo garante estar confiante na permanência do time na elite do futebol brasileiro.

- Buscamos motivar o grupo. Notei que existe uma união grande dos jogadores em busca da manutenção do Avaí Série A. E acreditamos que vamos nos manter na Série A - disse o presidente.