Tony América-MG (Foto: Divulgação)

Tony quer time pensando apenas na vitória (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
14/11/2015
16:47
Belo Horizonte (MG)

De volta ao time do América-MG na partida decisiva deste sábado contra o Paraná pela Série B, o meia Tony acredita que tudo que estará em jogo precisará ser deixado do lado de fora do gramado. A possível conquista do acesso em caso de vitória, e a perda matemática do título na hipótese do Botafogo vencer o Santa Cruz e o América não bater o Paraná, são para o jogador, consequências naturais e que não devem exercer uma pressão extra nos atletas que entrarem em campo.

- Vencemos os quatro últimos jogos na competição e um dos fatores que estão sendo determinantes para esse bom rendimento, é que estamos atuando pensando apenas em vencer. Aspectos como a distância para o quinto colocado, para o líder e a possibilidade de assegurarmos matematicamente o nosso acesso, são temas que pensamos depois da rodada, com os jogos já encerrados. Creio que este seja o caminho certo, e os resultados vêm mostrando isso - destacou o jogador.

Com relação ao fato de ter como adversário nesta trigésima quinta rodada um time que ainda foge do descenso, Tony afirma que equipes nessas circunstâncias podem se tornar mais perigosas.

- O temor de ser rebaixado por muitas vezes leva os jogadores a arriscarem mais, se atirarem mais ao ataque e isso torna o rival mais imprevisível e perigoso. Além disso, eles atuarão em casa, e o torcedor que for ao estádio certamente exigirá uma postura ativa da sua equipe. Essa hipótese, caso aconteça, não poderá nos surpreender - finalizou.