Audax x São Paulo

Goleiro  Sidão em ação durante partida entre Audax e São Paulo (Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotoarena/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
18/04/2016
14:52
São Paulo (SP)

Após a goleada por 4 a 1, que eliminou o São Paulo do Campeonato Paulista, e classificou o Audax às semifinais da competição, o goleiro Sidão, do GOA, comentou sobre a vitória e enalteceu o toque de bola de sua equipe na construção do resultado.

- Dentro do grupo a ideia é sempre fazer bom jogo. Em algumas partidas, criamos muito e não fizemos gol. Mas contra o São Paulo deu tudo certo e certamente foi uma goleada para ficar marcada. O São Paulo atacou de forma desorganizada. Pressionaram e fizeram um gol. Mas no toque de bola fomos bem, envolvemos o São Paulo - disse o arqueiro, em entrevista à ESPN.

Ainda sem ter definido o adversário da próxima fase, mas com chances de enfrentar Santos ou Corinthians, dependendo do resultado da partida desta segunda-feira entre Palmeiras e São Bernardo, Sidão acredita que o time comandando por Tite, trará mais dificuldades à equipe do Audax.

- Qualquer rival na semifinal será difícil, pois os rivais vão começar a estudar nosso jogo. Já enfrentamos os possíveis adversários. Contra o Corinthians jogamos bem, mas foi aquela história do gol não ter saído. No caso do Santos, o estilo de jogo parece com o do São Paulo, marcando na pressão e a linha de trás mais fechada, saindo pouco. Na minha opinião seria mais difícil enfrentar o Corinthians pela compactação deste time - afirmou, elogiando ainda o modo de trabalhar do técnico Fernando Diniz:

- Ele tem um estilo diferente. Para ele os jogadores não são máquinas. Ele faz questão de ver o lado humano, como está a nossa questão familiar. Provavelmente é por isso que todos são parceiros nos jogos e isso faz muita diferença - concluiu o goleiro.

O Audax aguarda pela definição de seu próximo adversário. Se o Palmeiras classificar-se com vitória nesta segunda-feira, o time de Sidão enfrentará o Corinthians. Já se o São Bernardo vencer, ou se o Palmeiras classificar-se nos pênaltis, o Audax terá pela frente o Santos.