Jorge Henrique e Jean - clássico Vasco x Fluminense (Foto: Cléber Mendes/LANCE!press)

Jorge Henrique estava lesionado desde o clássico contra o Fluminense (Foto: Cléber Mendes/LANCE!press)

João Matheus Ferreira e Vinicius Britto
17/11/2015
19:25
Rio de Janeiro (RJ)

Entre mistérios e treinos secretos, o técnico Jorginho parece ter dado, nesta terça-feira, um grande passo para definir o time titular para o jogo contra o Corinthians, quinta, às 22h, em São Januário. Em mais uma atividade tática, ele testou Eder Luis e Jorge Henrique no lugar de Rafael Silva, que será julgado nesta quarta no pleno do STJD e pode acabar sendo desfalque.

A tendência é que, na prática, tudo seja definido na tarde desta quarta, quando o treinador deve comandar um treino mais leve, mas já saberá a situação de Rafael Silva, que será julgado na parte da manhã. Jorginho voltou a escalar o meio de campo com Diguinho e Serginho. Assim, Bruno Gallo tem boas chances de ficar no banco de reservas. O lateral-esquerdo Julio Cesar voltou a treinar após ter sido poupado na segunda por dores nas costas.

Sendo assim, o provável Vasco para o decisivo jogo contra o Corinthians é Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Rafael Silva (Eder Luis ou Jorge Henrique) e Riascos. Jorge Henrique foi a grande surpresa, afinal, teve uma rápida recuperação de duas semanas para o estiramento "grau dois para três" na coxa direita.

O meia Nenê, que apesar de ter chegado há pouco mais de três meses já é uma referência na equipe, comentou sobre a situação de Rafael Silva. Para ele, o atacante está preocupado e, se ficar fora, será um desfalque notável. No entanto, acredita que o jogador que entrar cumprirá bem o papel.

- Ele está um pouco preocupado, já que o julgamento é amanhã (quarta). Eu até perguntei para ele hoje (terça) quando seria o julgamento. É um jogador importante e que vai fazer falta se não jogar. Mas quem for entrar no lugar dele, seja o Jorge (Henrique), se estiver recuperado, ou algum outro, acredito que vai dar conta do recado - comentou o meio-campista Nenê.

O jogo desta quinta-feira é decisivo tanto para o Vasco quanto para o Corinthians. O Cruz-Maltino, em caso de vitória, pode até deixar a zona de rebaixamento. Para isso, terá que torcer por uma derrota do Avaí no clássico contra o Joinville e um empate entre Goiás e Coritiba. Já o time paulista pode confirmar o título até se perder, caso o Atlético-MG não vença o São Paulo.