Sport x Chapecoense

(Foto: Divulgação/Chapecoense)

LANCE!
26/06/2016
20:27
Recife (PE)

O Sport finalmente deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao golear por 5 a 1 a Chapecoense, neste domingo, na Ilha do Retiro, pela 11ª rodada da competição. Com dois de Rodney, além de Rithely, Diego Souza e Ronaldo (um cada), o Leão venceu sua terceira – a segunda em três jogos, e subiu para a 16ª colocação, empurrando o Botafogo de volta para a zona. Com a derrota, a Chape, que descontou com Ananias, fica em 11º.

O Leão volta a campo nesta quarta-feira em um clássico nordestino. O time pernambucano pega o Vitória, no Barradão, às 19h30. A Chapecoense volta a jogar em casa para enfrentar o Cruzeiro no mesmo dia, às 21h.

O JOGO

Aos três, em contra ataque, Silvinho cortou para o meio e rolou para Rafael Bastos, titular de última hora. O camisa 85 chutou forte, mas Magrão segurou firme. A resposta do Sport veio com Diego Souza. A Chape tentou pressionar a saída de bola, mas, com toques rápidos, Diego tabelou com Samuel Xavier que devolveu na medida. O camisa 87 recebeu na meia lua e chutou de primeira, mas a bola subiu e foi para fora. Aos dez minutos, veio o primeiro do Sport.

O costa-riquenho Rodney, improvisado na lateral-esquerda, foi cruzar e pegou mal na bola. No entanto, o péssimo cruzamento resultou num belo gol, pois a curva fez com que a bola enganasse o goleiro Danilo e entrasse após tocar na trave. Na comemoração, dancinha diferente e tudo com seus companheiros.

Aos 20, Gabriel Xavier recebeu entre as linhas da Chape e chutou para o gol, mas Danilo defendeu no cantinho. Josimar, volante da Chape, não aparecia muito para o jogo e acabava sobrecarregando Cleber Santana. Mas o jogador estava bem marcado, então o time visitante não conseguia criar muito. Com isso, Magrão não precisou trabalhar no primeiro tempo. O atacante Lucas Gomes estava bem apagado pelo lado direito. Na esquerda, Silvinho até tentou algumas arrancadas, mas sem muito sucesso.

SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, Emerson Cris, interino da Chape antes de entregar o time para Caio Junior, promoveu a entrada de Ananias no lugar de Lucas Gomes. E não demorou para dar certo. Com cinquenta segundos, o zagueiro Marcelo enfiou para o jogador que tocou na saída de goleiro para igualar o marcador.

O empate também não durou tanto. Aos oito, cruzamento de escanteio de Gabriel Xavier e Rithely subiu mais que todo mundo para fazer o segundo. A Chapecoense tentou responder de forma rápida, mas o tiro saiu pela culatra. Gabriel Xavier puxou contra-ataque e abriu na esquerda para Rodney. O lateral improvisado bateu cruzado, Danilo espalmou e a bola bateu em Thiego antes de entrar. O árbitro deu gol para o costa-riquenho.

Em novo contra-ataque, mais um gol. Com passes curtos, a bola chegou até Samuel Xavier, que cruzou da direita e Diego Souza bateu de voleio. Um golaço para levantar a torcida na Ilha do Retiro. E o Sport não se via satisfeito com o quarto gol. Diego Souza, de cobertura, depois Edmilson, com um belo chute de fora, quase empliaram.

Rodrigo Mancha foi substituído por Ronaldo, que, assim como Ananias, não levou tempo para marcar. Menos de um minuto depois, o volante soltou uma bomba da quina da área e o goleiro Danilo aceitou. 5 a 1 e festa da torcida do Leão na Ilha por ter saído da zona do rebaixamento. Para a Chape, resta torcer para que Caio Junior siga fazendo o bom trabalho de Guto Ferreira, mas se esquecendo do jogo deste domingo.

FICHA TÉCNICA
SPORT 5 X 1 CHAPECOENSE

Local:
Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data e hora: 26/6/2016 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Renda e público: 8.743 pagantes / R$ 125.290,00.
Cartões amarelos: Rodrigo Mancha, Gabriel Xavier e Ronaldo (SPT); Silvinho e Lucas Gomes (CHA)
Cartões Vermelhos: -
Gols: Rodney, aos 10'/1ºT (1-0); Ananias, aos 50''/2ºT (1-1); Rithely, aos 8'/2ºT (2-1); Rodney, aos 13'/2ºT (3-1); Diego Souza, aos 18'/2ºT (4-1) e Ronaldo, aos 32'/2ºT (5-1)

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney; Rodrigo Mancha (Ronaldo - 31'/2ºT), Rithely e Gabriel Xavier; Clayton (Rogério - 41'/2ºT), Everton Felipe e Edmílson (Rogério - 26'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Cláudio Winck; Josimar, Cleber Santana e Rafael Bastos (Arthur Maia - 19'/2ºT); Silvinho (Nenén - 35'/2ºT), Lucas Gomes (Ananias - Intervalo) e Bruno Rangel. Técnico: Emerson Cris