LANCE!
04/08/2016
21:26
Porto Alegre (RS)

Após empatar com o América-MG, desperdiçando a chance de se igualar ao então líder Corinthians, o Grêmio voltou a decepcionar diante de um adversário que luta para deixar a zona de rebaixamento. E desta vez em plena Arena. O Tricolor gaúcho ficou no 0 a 0 diante do Santa Cruz, na noite desta quinta-feira, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Cliquei aqui e confira como foi o lance a lance do duelo em Porto Alegre. 

Com o segundo empate seguido, o Grêmio foi aos 32 pontos e se manteve em quarto graças ao saldo de gols, já que o Atlético-MG igualou em pontos, mas leva desvantagem no já citado quesito. O Santa Cruz, por sua vez, foi aos 18 e segue na zona de rebaixamento.


PRÓXIMOS JOGOS

O Grêmio voltará a atuar pelo Brasileirão apenas no dia 14 deste mês, às 11h, quando receberá o Corinthians, na Arena, já pela 20ª rodada da competição. O duelo contra o Botafogo foi transferido para 4 de setembro. Já o Santa Cruz receberá o São Paulo, no próximo domingo, no Arruda, às 16h15.

NADA DE GOLS NO PRIMEIRO TEMPO


O Grêmio optou por chamar o Santa Cruz para o seu campo no começo do jogo para ter a possibilidade do contra-ataque. Tal tática fez com que o time pernambucano chegasse a ter 68% de posse de bola. Faltou, no entanto, inspiração para Grafite & Cia. Com o decorrer dos minutos, o Grêmio foi ganhando terreno na Arena e tomando para si as rédeas do jogo.

Os comandados de Roger Machado passaram a ter mais volume de jogo, mas sem a conhecida intensidade característica do time. Time que ainda passa por ajustes sem Luan e Walace, que estão com a Seleção Olímpica, o lesionado Everton e o negociado Giuliano. Miller Bolaños não conseguiu ser efetivo, assim como Douglas. Já o Santa Cruz foi para o intervalo tendo criado duas boas chances com Grafite e Jadson.

PRESSÃO GREMISTA, CHANCES DO SANTA CRUZ E... ZERO A ZERO

O Grêmio tratou de fazer o que não havia ocorrido no primeiro tempo: envolver o Santa Cruz. Guilherme, novidade para a etapa final, garantiu mais inspiração para o time. E as chances vieram. Após Miller Bolaños cobrar falta no travessão, Negueba, sem goleiro, cabeceou para fora. Aos 20, foi a vez de Douglas, de cabeça, acertar a trave após investida de Guilherme. O Grêmio era superior.

O Grêmio tinha mais posse de bola, mas também era ameaçado pelo Santa Cruz. João Paulo cobrou falta mandando a bola no travessão, aos 22. Já Grafite, sempre perigoso, só parou em Grohe. O Grêmio tentou pressionar o rival nos minutos finais, mas faltou tranquilidade. Nova decepção do Tricolor gaúcho, que deixou a Arena sob vaias.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 X 0 SANTA CRUZ


Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data-hora: 4/8/2016 – 19h30
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Tatiane dos Santos Camargo (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Público/Renda: 16.068 pagantes/17.883 presentes/R$ 464.475,00
Cartões amarelos:  Pedro Geromel (GRE); Danilo Pires, Jadson e Roberto (SAT)
Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Não houve.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Pedro Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Jaílson, Maicon, Negueba (Henrique Almeida, 22'/2ºT), Douglas (Lincoln, 32'/2ºT) e Pedro Rocha (Guilherme, Intervalo); Miller Bolaños – Técnico: Roger Machado.

SANTA CRUZ:
Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Tiago Costa (Roberto, 33'/2ºT); Derley, Jadson (Arthur, 19'/2ºT), Danilo Pires e João Paulo; Keno e Grafite (Fernando Gabriel, 38'/2ºT) – Técnico: Milton Mendes.