RADAR/LANCE!
28/03/2016
15:56
Rio de Janeiro (RJ)

Com o Esporte Interativo fechando com alguns clubes os direitos de transmissão em TV fechada dos jogos do Brasileirão a partir de 2019, uma dúvida surgiu. Como ficará o televisionamento das partidas, já que algumas agremiações preferiram renovar com o SporTV, da Globo? Segundo informações do “Blog do Perrone”, do “UOL Esportes”, o EI ainda não está pesando neste assunto, já a Globo admitiu que pode negociar com a concorrente.

“Estamos dispostos a discutir e negociar, sempre que for bom e vantajoso para o esporte. A nossa história de parceria com o futebol é a maior prova disso. Dividir direitos sobre competições não é novidade para o Grupo Globo, tanto na TV aberta quanto na fechada (…) Mas ainda é cedo para especular sobre o cenário que teremos até 2019 – respondeu o direito da Globo Esportes, Pedro Garcia, ao blog.

Segundo o blog, o Esporte Interativo não se manifestou, mas havia dado duas opções ao Cade (Conselho de Administração do Direito Econômico). Uma delas seria o acordo entre os canais e a outra era que cada emissora fique com seus clubes.

Até o momento, Santos, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Figueirense, Ponte Preta e Santa Cruz acertaram com o EI. Já a Globo conseguiu renovar com Corinthians, São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Cruzeiro, Fluminense, Botafogo, Vasco e Sport.