Torcida do Cruzeiro no Mineirão (Foto: Ramon Bitencourt/LANCE!Press)

Venda de atletas foi a maior fonte de receita do clube mineiro em 2015 (Foto: Ramon Bitencourt/LANCE!Press)

LANCE!
03/05/2016
15:16
São Paulo (SP) 

Se dentro de campo o Cruzeiro não conquistou um único título em 2015, fora das quatro linhas o clube pode se considerar o campeão brasileiro. É que no ano passado, o Cruzeiro foi o que mais faturou no futebol brasileiro com receita total de R$ 363,8 milhões, superando o Flamengo que ficou com R$ 355,6 milhões. Os dados são do estudo “Finanças dos clubes brasileiros em 2015”, realizado pelo especialista em gestão esportiva e colunista do LANCE!, Amir Somoggi, e que abrangeu os 20 maiores clubes de futebol do país.

Para atingir o valor, o clube mineiro teve como principal fonte de receita a venda de jogadores, que ficaram valorizados após a conquista do bicampeonato brasileiro em 2013 e 2014. No ano passado, a receita do Cruzeiro com a transferência de atletas foi de R$ 142,1 milhões, sendo que no ano anterior havia sido de apenas R$ 25,6 milhões, uma evolução de 456%.

Além desta, outras fontes de receita imposrtantes do clube mineiro foram cotas de TV, com R$ 133,4 milhões, bilheteria, com R$ 43,3 milhões, e patrocínios e publicidade, com R$ 21,3 milhões.

No ranking dos clubes que mais faturaram no futebol brasileiro em 2015, o Palmeiras aparece logo atrás de Cruzeiro e Flamengo tendo atingido uma receita total de R$ 351,5 milhões. São Paulo, com R$ 330,9 milhões, e o Corinthians, com R$ 298,4 milhões, ocupam a quarta e quinta posições, respectivamente.

Veja abaixo o ranking dos 20 clubes com as maiores receitas do futebol brasileiro.

Clube                     Faturamento Total (em R$ milhões)
Cruzeiro                       363,8
Flamengo                     355,6
Palmeiras                     351,5
São Paulo                     330,9
Corinthians                  298,4
Internacional               297,1
Atlético-MG                 244,6
Grêmio                         190,6
Vasco da Gama           189,7
Fluminense                 180,3
Santos                          169,9
Atlético-PR                   158
Botafogo                      121
Bahia                             89,3
Sport                             87,6
Coritiba                         85,7
Ponte Preta                  53,8
Figueirense                  47,6
Chapecoense              46,5
Joinville                        40,3