LANCE!
10/03/2017
07:45
São Paulo (SP) 

O Botafogo é o clube que mais consegue engajar seus torcedores através do conteúdo publicado em suas redes sociais. É o que aponta o levantamento realizado ao longo do mês de fevereiro pelo software de monitoramento digital Torabit que envolveu os 12 maiores clubes de futebol, além da Chapecoense. Já o líder em número de seguidores abrangendo Facebook, Twitter e Instagram é o Corinthians, com quase 18 milhões de torcedores em suas mídias digitais.

O engajamento foi medido por meio do quanto cada torcida curitu, comentou ou compartilhou o conteúdo publicado por cada clube no período. Segundo a Torabit, o cálculo para se chegar ao resultado foi composto pela soma de ações que os internautas fazem em cada rede que é multiplicada por cem e depois dividida pelo número de seguidores do clube em cada rede por dia. A taxa de engajamento obtida foi a média entre as três redes sociais no período.

"Mesmo em outras áreas, nunca se viu um engajamento desse nível que o Botafogo conseguiu alcançar"

Nesse cálculo, o Botafogo atingiu uma média de engajamento de 16% no mês de fevereiro, resultado bem acima do Fluminense, que foi o segundo colocado, que obteve 7,8%. Um dos motivos para o alto índice obtido pelo clube alvinegro foi a participação do time na Libertadores, sendo o único entre os clubes abordados que disputou a competição no mês passado.

Na sequência aparecem os outros dois grandes clubes do Rio: o Vasco, com média de 5,9%, e o Flamengo, com 4,4%. A menor taxa de engajamento foi do Grêmio, que atingiu apenas 1,2% na média entre as três redes sociais.

- A capacidade do Botafogo nesse cenário foi muito superior aos outros clubes. Mesmo em relação a outras áreas que são abordadas pela Torabit, nunca se viu um engajamento desse nível que o Botafogo conseguiu alcançar – afirmou Caio Túlio Costa, sócio-fundador da Torabit.

O domínio dos clubes cariocas chama a atenção pois Botafogo e Fluminense aparecem na lanterna no ranking em número de seguidores. Nesse levantamento, são os paulistas que lideram com o Corinthians em primeiro lugar, e São Paulo e Palmeiras aparecendo na terceira e quarta posições, respectivamente. O vice em seguidores nas três redes sociais é o Flamengo.

- Não adianta publicar 800 posts sem engajar os seus seguidores. O Corinthians, por exemplo, lidera em número de seguidores nas redes sociais mas não consegue transformar essa grande quantidade em engajamento – comenta Costa.

Veja abaixo os rankings de engajamento e número de seguidores realizado pela Torabit e na sequência a entrevista com o sócio-fundador do software.

Ranking engajamento clubes em redes sociais
Ranking de engajamento dos maiores clubes de futebol 
Ranking de seguidores dos clubes em mídias sociais
Ranking de seguidores dos clubes nas redes sociais

O que levou a empresa a realizar esse levantamento?
Temos feito vários levantamentos com rastreamento de diferentes marcas nas redes sociais e agora decidimos abordar o futebol pela importância que o esporte tem entre os brasileiros.

Dá para citar algumas peculiaridades de alguns clubes que chamou a atenção?
O resultado é em função do que o time oferece de conteúdo para seus torcedores e o quanto esse usuário é engajado com o que é postado. E a capacidade do Botafogo nesse cenário foi muito superior aos outros clubes. Mesmo em relação a outras áreas que são abordadas pela Torabit, nunca se viu um engajamento desse nível que o Botafogo conseguiu alcançar.

O fato de ter sido o único clube desse ranking a ter jogado a Libertadores no mês passado influenciou nesse resultado?
Pode ter influenciado sim. Mas não adianta publicar 800 posts sem engajar os seus seguidores. O Corinthians, por exemplo, lidera em número de seguidores nas redes sociais mas não consegue transformar essa grande quantidade em engajamento.

E é um exemplo da inversão que há entre os clubes paulistas e cariocas nos dois rankings.
Exato. No ranking de seguidores, os clubes paulistas estão dominando mas em engajamento quem se destaca são os cariocas. A explicação para isso é a capacidade de criar conteúdos que fazem os torcedores comentarem e compartilharem nas redes sociais. É um trabalho que precisa focar em posts relevantes para a torcida.

O perfil da torcida podem influenciar no engajamento? Por exemplo a do Fluminense, que é menor em relação aos rivais mas com um nível de renda e escolaridade superior. Isso influencia?
Tudo ajuda a compor o cenário em levantamentos como esse mas não são os fatores fundamentais. O que conta mesmo é a capacidade de fazer interagir com o conteúdo.

Esse levantamento será realizado regularmente?
Devemos realizar regularmente sim, mensalmente ou uma a cada trimestre. A ideia é que isso sirva de parâmetro entre os clubes gerando uma disputa entre eles para saber o que tem o conteúdo mais abrangente.