América

    Toscano e Richarlison celebram com Pablo o gol do atacante diante do Vitória (Foto: Divulgação/América-MG)

LANCE!
14/11/2015
07:45
Curitiba (PR)

A chance de acesso do América-MG à Série A de 2016 é, segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola e da Academia LANCE!, de 99%. Acesso que pode ser alcançado neste sábado, quando o duelo visitará o Paraná, no Durival de Britto, às 21h, fechará a 36ª rodada da Série B.

Vice-líder da Segundona, o América soma 63 pontos. São seis a mais que o quinto colocado, o Sampaio Corrêa, o que pode persistir após a rodada. Mas o Coelho possui vitórias a mais que o time maranhense (19 a 15). O time comandado por Givanildo Oliveira vem de quatro vitórias nas últimas cinco rodadas. Apenas o Ceará, com 100% de aproveitamento no período, tem rendimento superior. 

A conta do América é simples. Basta vencer o Paraná ou conquistar um empate, desde que, no segundo caso, Sampaio Corrêa e Náutico não triunfem diante de Bragantino e CRB, respectivamente. Tais jogos terão início às 17h30.

A tendência é que o Coelho tenha apenas uma novidade para enfrentar o Paraná, com Tony voltando ao time titular na vaga de Diego Lorenzi após cumprir suspensão automática.

Jogador mais experiente do elenco americano, o volante Leandro Guerreiro, de 36 anos, espera que o time saiba administrar a ansiedade que toma conta do elenco com a possibilidade de o acesso ser concretizado nesta rodada.

– A cada rodada que passa estamos conquistando nossos objetivos. Com isso, a ansiedade vai aumentando também, porque está sempre faltando um pontinho. Então, agora, temos que colocar a cabeça no lugar. Sabemos que é uma decisão para nós, mas temos que ter tranquilidade. O erro acontece pelo desespero, então, em um jogo decisivo, quanto menos errar, mais perto do resultado positivo estamos – destacou o capitão do Coelho.

América
Coelho vem de goleada contra o Vitória (Foto: Divulgação/América-MG)


O Paraná, por sua vez, lida com uma pequena possibilidade de rebaixamento – 1% segundo o matemático Tristão Garcia. Com 43 pontos, o Tricolor soma quatro a mais que o Macaé, time que abre a zona de descenso.  O zagueiro Luiz Felipe, que cumpria suspensão automática, e o lateral-esquerdo Rafael Carioca, que havia sido liberado para resolver problemas particulares, voltam ao time.

Caso o acesso não seja concretizado diante do Paraná, o América ainda terá chances contra Ceará e Botafogo. O duelo contra o Alvinegro de Porangabussu será no próximo dia 21, na Arena Independência. Já o duelo contra o Botafogo, que torce por um tropeço do próprio Coelho para ter a chance de ser campeão já neste sábado, será no dia 28, no Nilton Santos. 

O América não disputa a Série A de 2011. O acesso de 2010 havia findado um jejum de dez anos longe da elite. A campanha, no entanto, deixou a desejar. Givanildo Oliveira, em sua terceira passagem pelo time, até conseguiu resultados razoáveis, mas o desempenho como um todo resultou no rebaixamento.

O Coelho poderia ter conquistado o acesso à Série A no ano passado, caso não fosse punido com a perda de seis pontos por conta da escalação irregular do lateral Eduardo. O América terminou a última Série B em quinto, com 61 pontos. O Avaí, com 62, fechou o G4.