Marcelo e Moraes

Marcelo e Moraes se enfrentam nesta quarta, pela Liga dos Campeões da Europa (Foto: Reprodução/Instagram)

Gabriel Carneiro
28/09/2016
07:00
São Paulo (SP)

A maior competição de clubes do mundo receberá um encontro quase de família nesta quarta-feira. Pela segunda rodada do Grupo B da Liga dos Campeões da Europa, os turcos do Bekistas recebem os ucranianos do Dinamo de Kiev às 15h45. Em campo, dois brasileiros que são amigos de infância e ex-companheiros duelarão pelos três pontos: Marcelo, zagueiro de 29 anos, e Moraes, atacante que tem a mesma idade. Os dois, que hoje tentam conquistar o mundo, deram os primeiros chutes na Vila Belmiro. Lado a lado.

Marcelo e Moraes se conhecem há pelo menos 13 anos, desde os tempos de categorias de base do Santos. A relação dos dois se estreitou, porém, porque as chances na categoria profissional chegaram quase ao mesmo tempo. A dupla atuou junta por dois anos no sub-20 e logo foi promovida. Em 2007, os dois estavam no elenco alvinegro campeão paulista - e o ano foi cheio: gol de Moraes em final de Estadual, estreia de Marcelo na Copa Libertadores...

Na mente de ambos, porém, o sonho era europeu. Marcelo foi vendido pelo Santos em 2008, depois de 65 jogos como profissional. Defendeu Wisla Cracóvia (POL), PVH (HOL) e Hannover 96 (ALE) antes de chegar ao Besiktas. Já Moraes foi do Santos até 2009, mas já vestiu as camisas de Ponte Preta, Santo André, Gloria (ROM), Metallurg Donetsk (UCR) e CSKA Sofia (BUL) antes de chegar a Kiev. Agora, tantos anos depois, os destinos da dupla se cruzaram outra vez.

- O nosso sonho lá atrás sempre foi poder disputar a maior competição de clubes do mundo. E poder jogar contra ele é algo especial demais. Acho que tanto para mim quanto para ele. Nos falamos sempre e torcemos muito pelo sucesso do outro. E em todas as férias estamos juntos lá em Santos - brinca Marcelo, ao LANCE!, mas sem expor as fragilidades do amigo que tentará aproveitar nesta quarta-feira.

- Conheço bem o Júnior, é um grande jogador, mas vou jogar simples, objetivo, sem mudar nada. Vai ser um jogo bastante disputado, as duas equipes precisam da vitória. Mas nós temos que valer o nosso mando de campo e o apoio da nossa torcida, pois é uma partida chave.

Seja qual for o resultado do embate entre Besiktas e Dinamo de Kiev, as férias juntos na Baixada Santista estão garantidas.