Manchester City x Manchester United

Rashford deixou Demichelis vendo estrelas e marcou o único gol do clássico (Foto: AFP/OLI SCARFF)

LANCE!
20/03/2016
14:55
Manchester (ING)

O Manchester United deu uma resposta imediata e eficaz à torcida após a queda para o Liverpool, nas oitavas de final da Liga Europa, em pleno Old Trafford, na semana passada. Neste domingo, no Etihad Stadium, diante do arquirrival Manchester City, os Diabos Vermelhos abriram vantagem e aguentaram bravamente a pressão para garantir uma vitória por 1 a 0, em clássico válido pela 31ª rodada do Campeonato Inglês.

Sexto colocado da Premier League, o triunfo deixa o United na porta do G4. O time vermelho tem 50 pontos, um a menos do que o próprio Manchester City, quarto colocado e último na zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões da Europa.

Os Citizens começaram o jogo com mais posse de bola, dominando o jogo, mas sem crizr chances reais. O United, por sua vez, esperou o momento certo para entrar na partida e surpreender o rival. Aos 15 minutos, o garoto Rashford deixou Demichelis no chão e bateu no canto de Hart para abrir o placar. Martial ainda teve a chance do segundo, mas desperdiçou.

A partida esquentou. O City seguiu controlando as ações e começou a assustar. A pressão ficou ainda maior na segunda etapa, com a entrada do atacante Bony no lugar do zagueiro Demichelis, que teve uma tarde para ser esquecida. Agüero meteu uma cabeçada na trave, na melhor chance dos anfitriões.

Manchester City x Manchester United
Agüero finalizou bastante, mas não teve sorte (Foto: AFP/OLI SCARFF)

O United reforçou o sistema defensivo. Bem equilibrado, o time visitante segurou o resultado para comemorar uma grande vitória no território do inimigo. Vitória maiúscula, apesar do placar mínimo.

TOTTENHAM VENCE

Neste domingo, no White Hart Lane, o Tottenham não deu mole para o Bournemouth, fez 3 a 0 no adversário e permaneceu firme na segunda colocação da Premier League. Os Spurs somam 66 pontos, seis a mais do que o terceiro colocado Arsenal e cinco atrás do líder Leicester.

Artilheiro isolado da competição, com 21 gols, Kane marcou duas vezes. Eriksen completou para os londrinos.