Manchester City x Real Madrid

Benzema passa por Otamendi. Francês deixou o campo no intervalo (Foto: OLI SCARFF/AFP)

Leonardo Pereira
26/04/2016
17:37
Manchester (ING)

O Real Madrid não teve Cristiano Ronaldo, afetado por dores musculares e vetado poucas horas antes de entrar em campo, nesta terça-feira, no Etihad Stadium. Já o Manchester City não teve a intensidade necessária para se aproveitar do mando de campo e da ausência do principal jogador rival. No fim do jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões da Europa, um 0 a 0 que ficou de bom tamanho para os ingleses, sufocados pelos espanhóis nos últimos 20 minutos da segunda etapa.

Na próxima quarta-feira, no Santiago Bernabéu, o Real Madrid precisará de uma vitória simples para avançar à final de Milão. Já os Citizens têm a favor os empates com gols, além de qualquer triunfo.

Hart e Navas poderiam abrir uma cadeira de praia no gramado e acompanhar o primeiro tempo de forma bem mais confortável. Os dois goleiros não tiveram trabalho algum durante os 45 primeiros minutos do clássico. Manchester City e Real Madrid praticamente não criaram nada de relevante, tampouco chutaram ao gol.

Os Citizens, desacostumados com a semifinal, até adiantaram a marcação em alguns momentos, exercendo uma falsa pressão. Muito pouco. Os Blancos, sem Cristiano Ronaldo, tiveram um ataque inofensivo.

Manchester City x Real Madrid
Cristiano desfalcou o Real em Manchester (Foto: PAUL ELLIS/AFP)

A primeira etapa pode ser resumida à muita luta no meio de campo, alto número de faltas e um futebol paupérrimo, fruto do medo de arriscar um pouco mais.


A tensão se aflorou durante o segundo tempo conforme o relógio se apressava, ávido pelo apito final. Parece que os times estavam na obrigação de sair do lugar-comum e mostrar algo diferente. Agüero e Kroos arriscaram na entrada da área. Os dois arremates foram para fora. Ao menos, dois lances para tirar o torcedor do assento.

Mais tarde, Jesé, em uma cabeçada certeira, acertou a trave. O Real, naquela altura, estava também sem Benzema. No entanto, os Merengues cresceram nos 20 minutos finais e foram os donos do clássico. Hart teve que salvar cabeçadas de Casemiro e Pepe para tornar-se o herói do empate sem gols.

FICHA TÉCNICA

MANCHESTER CITY 0 x 0 REAL MADRID


Local: Etihad Stadium, em Manchester (ING)
Data e hora: 26 de abril de 2016, às 15h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Cüneyt Çakir (TUR)
Auxiliares: Çem Satman (TUR) e Tarik Ongun (TUR)
Cartão Amarelo: David Silva (MAN); Pepe, Carvajal (REA)
Cartão Vermelho:
Gols:

MANCHESTER CITY: Hart, Sagna, Otamendi, Kompany e Clichy; Fernando, Fernandinho, Jesus Navas (Sterling, 31'/2ºT) e David Silva (Iheanacho, 40'/1ºT); Agüero. Técnico: Maurício Pellegrini.

REAL MADRID: Keylor Navas, Carvajal, Pepe, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Modric e Kroos (Isco, 44'/2ºT); Vázquez, Bale e Benzema (Jesé, Intervalo). Técnico: Zinedine Zidane.