icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
10:48

O Guangzhou Evergrande está muito perto da semifinal da Liga dos Campeões da Ásia. O time comandado pelo brasileiro Luis Felipe Scolari bateu o Kashiwa Reysol por 3 a 1, no Japão, e vai definir em casa a vaga. O time chinês pode até perder por um gol de diferença que estará classificado. O volante Paulinho, ex-Corinthians, marcou um golaço de falta.



Foi o primeiro gol do brasileiro com a camisa do Guangzhou. Ele cobrou magistralmente uma falta quase do meio de campo, com muito efeito, e deixou o goleiro da equipe japonesa plantada. Um verdadeiro golaço.

E MAIS
- Presidente do Corinthians dispara contra Pato: 'Tentou dar um passa-moleque'

Antes do gol de Paulinho, o zagueiro Suzuki havia marcado contra o primeiro gol dos chineses. O terceiro foi feito por Gao Lin. Faltando um minuto para o fim do jogo, Kudo deu um pouco de esperança para o Kashiwa e diminuiu o marcador.

Ricardo Goulart foi o comandante do ataque do Guangzhou, mas passou em branco desta vez. Elkeson, poupado, não atuou.

Somente três estrangeiros podem atuar na competição continental. Desta forma, os brasileiros Renê Júnior e Alan - que está se recuperando de um problema no joelho desde o início do ano - não foram inscritos. Já Robinho chegou ao clube chinês após o fim do período de inscrição. O atacante Gilardino negocia sua volta ao futebol italiano e também ficou fora.

O Guangzhou Evergrande está muito perto da semifinal da Liga dos Campeões da Ásia. O time comandado pelo brasileiro Luis Felipe Scolari bateu o Kashiwa Reysol por 3 a 1, no Japão, e vai definir em casa a vaga. O time chinês pode até perder por um gol de diferença que estará classificado. O volante Paulinho, ex-Corinthians, marcou um golaço de falta.



Foi o primeiro gol do brasileiro com a camisa do Guangzhou. Ele cobrou magistralmente uma falta quase do meio de campo, com muito efeito, e deixou o goleiro da equipe japonesa plantada. Um verdadeiro golaço.

E MAIS
- Presidente do Corinthians dispara contra Pato: 'Tentou dar um passa-moleque'

Antes do gol de Paulinho, o zagueiro Suzuki havia marcado contra o primeiro gol dos chineses. O terceiro foi feito por Gao Lin. Faltando um minuto para o fim do jogo, Kudo deu um pouco de esperança para o Kashiwa e diminuiu o marcador.

Ricardo Goulart foi o comandante do ataque do Guangzhou, mas passou em branco desta vez. Elkeson, poupado, não atuou.

Somente três estrangeiros podem atuar na competição continental. Desta forma, os brasileiros Renê Júnior e Alan - que está se recuperando de um problema no joelho desde o início do ano - não foram inscritos. Já Robinho chegou ao clube chinês após o fim do período de inscrição. O atacante Gilardino negocia sua volta ao futebol italiano e também ficou fora.