icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/08/2015
08:33

O gol sofrido aos nove segundos de jogo foi um aprendizado para o Bayern de Munique, segundo o técnico Pep Guardiola. O time bávaro teve forças para virar o placar e vencer o Hoffenheim por 2 a 1, fora de casa.

Quando a partida ainda estava empatada em 1 a 1, o Bayern ainda teve Boateng expulso e um pênalti contra, que Polanski mandou na trave.


Boateng foi expulso após colocar a mão na bola dentro da área (Foto: Thomas Kienzle / AFP)

- Nós só podemos aprender após um jogo como este. Os últimos 10 minutos foram um pouco malucos. Apesar do gol sofrido, que não pode acontecer de nenhuma forma, depois jogamos uma de nossas melhores partidas de Alemão dos últimos três anos - disse o treinador.

E MAIS
- Bayern sofre gol relâmpago, mas Lewandowski garante vitória no Alemão

O gol referido por Guardiola foi logo na saída de bola. Alaba recuou mal, a zaga bateu cabeça, e Volland aproveitou. Ainda no primeiro tempo Müller deixou tudo igual. Aos 45 do segundo tempo, Lewandowski garantiu a vitória após linda jogada de Douglas Costa e Götze.

- Nós sabíamos que seria difícil. Nos últimos anos, o Hoffenheim tem nos causado muitos problemas. Certamente não foi o melhor começo para uma partida, mas depois daquilo tivemos 93 minutos para vencer.


Lewandowski é perseguido por Müller após seu gol (Foto: Thomas Kienzle / AFP)

O gol sofrido aos nove segundos de jogo foi um aprendizado para o Bayern de Munique, segundo o técnico Pep Guardiola. O time bávaro teve forças para virar o placar e vencer o Hoffenheim por 2 a 1, fora de casa.

Quando a partida ainda estava empatada em 1 a 1, o Bayern ainda teve Boateng expulso e um pênalti contra, que Polanski mandou na trave.


Boateng foi expulso após colocar a mão na bola dentro da área (Foto: Thomas Kienzle / AFP)

- Nós só podemos aprender após um jogo como este. Os últimos 10 minutos foram um pouco malucos. Apesar do gol sofrido, que não pode acontecer de nenhuma forma, depois jogamos uma de nossas melhores partidas de Alemão dos últimos três anos - disse o treinador.

E MAIS
- Bayern sofre gol relâmpago, mas Lewandowski garante vitória no Alemão

O gol referido por Guardiola foi logo na saída de bola. Alaba recuou mal, a zaga bateu cabeça, e Volland aproveitou. Ainda no primeiro tempo Müller deixou tudo igual. Aos 45 do segundo tempo, Lewandowski garantiu a vitória após linda jogada de Douglas Costa e Götze.

- Nós sabíamos que seria difícil. Nos últimos anos, o Hoffenheim tem nos causado muitos problemas. Certamente não foi o melhor começo para uma partida, mas depois daquilo tivemos 93 minutos para vencer.


Lewandowski é perseguido por Müller após seu gol (Foto: Thomas Kienzle / AFP)