Sede da Fifa, em Zurique (Foto: Fabrice Coffrini / AFP)

Comitê da Fifa relata casos de racismo em jogos das Eliminatórias da próxima Copa (foto:AFP)

LANCE!
13/01/2016
15:46
Zurique (SUI)

A Fifa multou cinco federações internacionais em virtude de cânticos racistas e homofóbicos de torcedores durante os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, no ano passado. Além de abrir um processo disciplinar, a entidade anunciou nesta quarta-feira que Argentina, Honduras, México, Peru e Uruguai receberam a punição financeira.

Argentina, México, Peru, Uruguai e Honduras foram multadas em 18.270 mil euros (R$ 79 mil) por incidentes racistas em apenas uma partida. 

Já o Chile, enquadrado em outra categoria, terá de pegar 64 mil euros (R$ 277,4 mil) por quatro casos de falta conduta esportiva do público.

No caso de Honduras, a Fifa acusou o país de cânticos homofóbicos por parte dos torcedores.

- A Fifa está há muitos anos lutando contra a discriminação no futebol através de sanções. Os processos disciplinares por si só não mudaram o comportamento de determinados torcedores, que, lamentavelmente, têm valores diferentes do esporte. A Fifa, no entanto, tem o dever de transmitir uma mensagem contra o preconceito e a intolerância.