Inter de Milão x Bologna

Inter de Milão vive longo jejum (Foto: Giuseppe Cacace / AFP)

LANCE!
12/04/2016
15:43
Milão (ITA)

O Suning Commerce Group, gigante chinesa do mercado de varejo, principalmente de produtor eletrônicos, está disposto a entrar no futebol europeu. De acordo com o "Gazzetta dello Sport", o indonésio Erick Thohir, que comprou a Internazionale em 2013, quer vender, e os donos do grupo estudam a hipótese de comprar a equipe de Milão.

A companhia é uma das mais poderosas da China. Com uma fortuna avaliada em 15,5 bilhões de euros (R$ 77 bilhões), o grupo já comanda o Jiangsu Suning, time em que estão os brasileiros Ramires, Jô e Alex Teixeira. Sendo que este último foi o jogador mais caro da janela de transferências de inverno.

As especulações de que Thohir pretende deixar a Inter de Milão cresceram nas últimas semanas. Ainda de acordo com o jornal, o magnata teria uma reunião com outros dirigentes do clube por videoconferência para explicar a situação, mas com a ideia de negar as informações.

De qualquer forma, uma oferta chinesa poderia acabar balançando o magnata, que está no clube desde 2013 e já comanda a parte majoritária da Inter de Milão. Porém, o trabalho ainda não rendeu tantos frutos. Ele tem 70% das ações, enquanto o grupo comandado por Massimo Moratti, ex-presidente do time, tem 29,5%, e a Pirelli tem o restante. O último título dos Nerazzurri foi a Copa da Itália de 2011.